Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Princesa do Solimões vence o Nacional de virada; ambos acabaram returno em 1° lugar

Os dois times já estavam classificados para a semifinal do Campeonato Amazonense 2014. Outros resultados da rodada definiram os próximos duleos em campo

O jogo entre Nacional e Princesa do Solimões foi aberto

O jogo entre Nacional e Princesa do Solimões foi aberto (Euzivaldo Queiroz)

Em partida cheia de emoções, o Princesa do Solimões venceu o Nacional de virada pelo placar de 2 a 1 na tarde deste sábado (12), em partida disputada no campo do Clube do Trabalhador do Sesi, na Zona Leste de Manaus. Ambas as equipes estão classificadas para a semifinal do 2º turno do Campeonato Amazonense 2014.

A partida aconteceu sob forte chuva entre o já classificado Princesa do Solimões e Nacional, e foi disputada na capital amazonense por conta da reforma no estádio Gilbertão, casa do Princesa em Manacapuru. O jogo teve transmissão ao vivo pela TV A CRÍTICA.

A cena lamentável do dia foi a confusão entre as duas torcidas nas arquibancadas do Sesi, que protagonizaram cenas de pancadaria após a virada do Princesa do Solimões sobre o Nacional.

O jogo

O jogo entre as equipes iniciou aberto com os times abdicando da marcação para tentar chegar logo ao gol. A primeira grande chance veio aos 4 minutos do primeiro tempo, com um chute forte de Chapinha na entrada da área. O goleiro Raiscifran fez boa defesa mas deixou a sobra. Fabiano, em posição de impedimento, mandou para as redes, e o gol foi anulado.

O Princesa respondia com um ótimo toque de bola entre o meio de campo que iniciava contra ataques perigosos para a equipe de Manacapuru. Branco e Fininho eram os jogadores que mais infernizaram a defesa nacionalina.

Aos 14 minutos, Fininho subiu pela direita, entrou na área e chutou cruzado, mas a bola saiu rente à trave esquerda. Três minutos depois, foi a vez de Branco receber bola na entrada da área e chutar forte, exigindo boa defesa de Jairo.

Desde os dois gols contra o São Luiz na última quarta-feira (9), Chapinha desencantou e mostrou neste jogo a que veio. O camisa 10 do Leão segurou a bola na direita, viu Fabiano subir livre e fez lançamento na medida para o centro avante que, livre, foi travado no momento do chute por Thiago Brandão.

Em um jogo de poucas entradas violentas, o primeiro cartão amarelo do jogo veio de uma falta forte de Charles e Jefferson Recife aos 27 minutos. Recife "voou" com uma entrada viril de Charles, que reclamou com o árbitro Frutuoso.

Em um momento de tensão na partida, Índio do Naça e Guilherme do Tubarão dividiram bola pelo alto e tiveram um forte choque de cabeça. Os dois ficaram caídos no campo e o árbitro autorizou a entrada dos médicos para examiná-los.

Guilherme voltou normalmente. Índio, no entanto, contrariando orientação do médico do Naça voltou em campo somente para desabar sozinho no gramado, reclamando de tonturas. Ele foi retirado de maca, mas acabou voltando para jogar a segunda etapa.

Aos 46 minutos, um minuto antes do fim dos acréscimos, Eder subiu à linha de fundo pela esquerda e cruzou. Fabiano subiu tranquilamente entre a zaga do Princesa e cabeceou para o gol. Fim do primeiro tempo. Princesa 0 a 1 Nacional.


Na segunda etapa, Fininho marcou o gol de empate aos 27 minutos de jogo e Michel Parintins virou o placar aos 38 minutos. Fim de jogo! Princesa do Solimões 2 a 1 Nacional.

Ânimos exaltados

Nas arquibancadas os cerca de 800 torcedores das duas equipes se meteram em confusão logo após a virada do Princesa do Solimões sobre o Naça. De acordo com testemunhas, um torcedor do Leão se dirigiu até a torcida do Princesa e a confusão se instalou. Empurroes, socos e pontapés aconteciam sem a interferência da polícia militar, que não estava presente nas arquibancadas.

Somente após 10 minutos, o policiamento se fez presente e os pm’s fizeram um cordão de isolamento entre as duas torcidas. Não há registro de presos ou detidos e nenhuma pessoa foi gravemente ferida durante a pancadaria.


Princesa do Solimões

Rascifran; Tiago Brandão, He-Man (ou Lídio), Deurick, Alberto (ou Guilherme), Rondinely e Delciney; Michel (ou Toró), Fininho, Rael, Charles e Branco.

Técnico: Marcos Piter.

Nacional

Jairo; Amaral, Índio, Pedrão (ou Luan), Fabinho (ou Jeferson Recife), Eder, Bruno Potiguar, Negretti (ou Ramon) e Chapinha; Fabiano (ou Felipe Capixaba) e Léo Paraíba.

Técnico: Sinomar Naves.

Árbitro

Antonio Carlos Pequeno Frutuoso (AM)

Outros Resultados
O Holanda venceu o Iranduba por 2 a 0 em jogo disputado na cidade de Rio Preto da Eva. Thiago Verçosa e Weverton marfaram os gols da 'Laranja Mecânica'.
Na cidade de Itacoatiara, o Penarol venceu o Manaus FC por 2 a 0 com gols de Ramon.

O Fast se despediu do Barezão com vitória. Carlinhos Bala fez o único gol contra o Nacional Borbense em partida disputada no Mini estádio da Ulbra, em Manaus.