Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Weidman quer provar em revanche que a 1º vitória sobre Silva não foi 'por acaso'

O americano Chris Weidman não fez questão de esconder o que pretende fazer para vencer Anderson Silva novamente no dia 28 de dezembro de 2014

Weidman acredita que mais uma vitória sobre Anderson é essencial para se firmar de vez como um grande campeão

Weidman acredita que mais uma vitória sobre Anderson é essencial para se firmar de vez como um grande campeão (Reprodução/USA Today)

O atual campeão da divisão dos médios do UFC, Chris Weidman está confiante para a revanche contra o ex-detentor do cinturão, Anderson Silva. A postura segura de Weidman é tão grande que em entrevista publicada nesta terça-feira (10) ao site especializado em MMA, ‘Bloody Elbow’, fez questão de mandar um recado para o brasileiro: ‘Estou dizendo para o Anderson Silva qual vai ser minha estratégia para a luta’.

O americano quer usar a revanche marcada para o dia 28 de dezembro, no UFC 168, a ser realizado em Las Vegas, para se firmar de vez como um verdadeiro campeão e afastar qualquer dúvida sobre seu potencial como lutador.

“Preciso vencer Anderson desta próxima vez. Eu preciso solidificar minha primeira vitória, e me firmar como um campeão o vencendo de novo”, disse Weidman. Para isso, não fez questão de ‘esconder o jogo’ sobre como será sua postura no octógono contra o brasileiro.

“Irei caminhar para frente, irei colocar pressão nele. Vou fazer um corte nele. Se as mãos deles estiverem baixas, eu vou esmurrar sua cara. Se sua guarda estiver alta, e ele esperar que eu troque golpes com ele, vou colocá-lo para baixo. Eu não tenho medo de levar golpes dele. Vou caminhar para frente com meu queixo para baixo e os dentes cerrados. Não me importo com o que ele vá me atacar. Vou estar lá para o que vier”, contou o americano ao site.


Weidman venceu Anderson Silva no dia 6 de julho por nocaute técnico no 1º round colocando fim no reinado de 11 vitórias consecutivas na organização e seis anos como detentor da categoria dos médios - até 84 quilos, do UFC.