Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

'Baby' dá lições de perseverança na abertura do 'COB nas ruas'

O judoca Rafael Silva, medalhista olímpico de Londres 2012, ministrou palestra motivacional para jovens manauaras. O evento fez parte de um projeto do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) na divulgação de modalidades olímpicas

O COB nas Ruas teve clínicas em três modalidades esportivas: luta olímpica, tênis de mesa e voleibol, tendo como meta envolver 1.000 pessoas.

O COB nas Ruas teve clínicas em três modalidades esportivas: luta olímpica, tênis de mesa e voleibol, tendo como meta envolver 1.000 pessoas. (Divulgação)

Um atleta de ponta jamais deve desistir dos seus sonhos. Essa foi a principal lição passada pelo medalhista olímpico Rafael Silva, atração VIP do evento “COB nas Ruas 2014”, nesta quinta-feira (10) no Centro Estadual de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, em Manaus. O evento é organizado pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

O objetivo do programa objetivo é divulgar as modalidades que serão disputadas nos Jogos Olímpicos Rio 2016 e estimular o crescimento da prática esportiva no Brasil. Nesse sentido, a fala de Rafael Silva a centenas de estudantes da rede pública de ensino do Amazonas foi bastante esclarecedora e motivadora. “Sem sacrifícios não há vitória, não existe glória. Larguei minha família quando tinha 17 anos em busca do sonho de conquistar uma medalha olímpica”, lembrou o judoca de 26 anos, nascido no Paraná e que hoje mora em São Paulo.

Glória em Londres

“Baby”, como também é conhecido, foi carateca na infância. Descobriu o judô aos 15 anos e alcançou o topo da carreira em Londres 2012. O atleta da categoria acima de 100 kg fez história ao conquistar a medalha de bronze inédita em sua trajetória. “Minha vida mudou desde então. Graças a essa medalha, hoje posso dizer que vivo somente do judô. O melhor é o reconhecimento do nosso trabalho”, disse o judoca, tratado como um verdadeiro herói pelos fãs amazonenses de todas as idades.

Aluno do 7º ano do Ensino Fundamental na Escola Estadual Melo e Póvoas, Leandro Martins, 15, aproveitou para aprender um pouco de luta olímpica. Ele foi ganhou um desafio e mostrou intimidade com o esporte disputado sobre o tapete.


“Pratico jiu-jítsu e judô e tinha a curiosidade de conhecer a luta olímpica, que é muito forte aqui no Amazonas. Gostei da experiência e parabenizo os organizadores por esse dia de muito esporte aqui em Manaus”.