Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Seleção amazonense de luta olímpica embarca para desafios internacionais em Recife

Referência na luta olímpica nacional na atualidade, os cadetes amazonenses buscam mais um título em 2014, já que a equipe foi campeã brasileira no último mês de março

As chances dos atletas retornarem com bons resultados são grandes

As chances dos atletas retornarem com bons resultados são grandes (Divulgação)

Uma delegação amazonense formada por oito atletas de luta olímpica viaja na noite desta quarta-feira (23) para a cidade do Recife (PE), onde participam de dois eventos do calendário da Confederação Brasileira de Lutas Associadas (CBLA): o Campeonato Pan-Americano Cadete e a Seletiva Internacional para os Jogos Olímpicos da Juventude 2014 (Young Olympic Games).

Os atletas, além dos técnicos Helton Henrique e Dagoberto Arbolaez, fazem parte do Centro de Treinamento de Alto Rendimento da Amazônia (CTARA). Eles treinarão no período de 24 a 30 de abril, enquanto a competição acontece de 2 a 4 de maio.

Para o atleta David Oliveira, de 16 anos, subir no pódio é o objetivo a ser alcançado. “Estou na expectativa de voltar com medalha. Vou me empenhar bastante para conquistar o ouro”, afirmou.

Uma das atletas que vem se destacando na luta olímpica, a parintinense Thalia Lopes vai competir o Pan e a Seletiva Internacional na raça e na força de vontade. “Machuquei o joelho quando treinava com um atleta de outro Estado, como ele não dominava bem a técnica acabou me machucando. Já machuquei o joelho em outras competições e conquistei medalhas”, ressaltou Thalia.


De acordo com o técnico da delegação amazonense, Helton Henrique, as chances dos atletas retornarem com bons resultados são grandes, pois os treinos são intensos e eles são experientes. Para alguns é o último ano no Cadete.

“Não temos intervalo de período para descanso porque o calendário é cheio. Os atletas estão treinando desde janeiro e a competição será difícil, mas alguns têm experiência internacional, com intercâmbio na Europa e graças às técnicas aplicadas pelo treinador cubano (Dagoberto Arbolaez) dá para perceber a evolução”, enfatizou Helton.

 Delegação amazonense

Daiane Martins, 17 anos – categoria até 43 kg

Thalia Lopes, 16 anos – categoria até 52 kg

Andria Pimentel, 17 anos – categoria até 60 kg

David Oliveira, 16 anos – categoria até 46 kg

Daniel Alves, 15 anos – categoria até 50 kg

David Washington, 16 anos – categoria até 54 kg

Walter Júnior, 15 anos – categoria até 69 kg

Fábio Júnior, 17 anos – categoria até 76 kg