Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Após estreia vitoriosa no UFC, Kawajiri já mira em Aldo

O lutador Tatsuya Kawajiri pode não ser conhecido do público brasileiro, mas é um veterano do extinto PRIDE e reconhecido como um genuíno 'casca grossa' no circuito do MMA

Kawajiri já enfrentou feras como Takanori Gomi, Shinya Aoki, Gilbert Melendez, Vitor Shaolin e Josh Thompson

Kawajiri já enfrentou feras como Takanori Gomi, Shinya Aoki, Gilbert Melendez, Vitor Shaolin e Josh Thompson (Reprodução/Zuffa LLC)

O veterano lutador de MMA japonês Tatsuya Kawajiri estreou com vitória no UFC disputado no último sábado (4) contra Sean Soriano e revelou em entrevista ao MMA Junkie publicada na última terça-feira (7) que tem o desejo de enfrentar o campeão dos Penas (até 66 quilos) o amazonense José Aldo, o mais rápido possível.

"Se for possível, eu adoraria enfrentar o campeão José Aldo, mas sei que preciso seguir ordens. Quero enfrentar lutadores entre os top 10. Vejo esta luta (contra Soriano) como apenas o começo, e espero me estabelecer na América para enfrentar oponentes ainda melhores", cravou o wrestler japonês.

Casca grossa

Conhecido pela força física, trocação forte e eficiência nas quedas, Kawajiri, de 34 anos e foi uma das maiores estrelas do Pride, extinta organização japonesa que dominou o MMA mundial por mais de uma década.

Com o fim do Pride, a estrela japonesa teve dificuldade em encontrar lutas em sua categoria de peso. Mesmo vindo de seis vitórias consecutivas, Kawajiri estava sem lutar profissionalmente há um ano, desde sua vitória em cima do favorito e invicto Sean Soriano, no UFC Fight Night 34, por finalização no 2º round.

"Tive algumas lesões, e minhas lutas não foram confirmadas por muito tempo. Quase perdi a motivação. Mas, agora que estou no UFC, treinei mais forte do que nunca para o Sean Soriano, e vou continuar a fazer isso; quero mostrar que esse ainda não é o Kawajiri que vocês conhecem. Vocês verão um Kawajiri ainda melhor”, concluiu o casca grossa japonês.