Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Amazonense Rivaldo Júnior estreia no Jungle Fight no próximo sábado (21)

Experiente no MMA, o amazonense contabiliza 20 lutas em seu cartel profissional, sendo 14 vitórias, quatro derrotas e dois empates

O amazonense é faixa preta de jiu jitsu e é reconhecido como um ótimo finalizador

O amazonense é faixa preta de jiu jitsu e é reconhecido como um ótimo finalizador (Divulgação)

Após seis meses de treino, o lutador amazonense Rivaldo Júnior embarcou na tarde desta quinta-feira (19) para participar pela primeira vez do maior evento de MMA da América Latina, o Jungle Fight, que será realizado sábado (21) em Belém do Pará. O faixa-preta com mais de dez anos de carreira embarcou com seu técnico, Júnior Cardoso e o preparador físico, Márcio Soares, que fazem parte da staff de Rivaldo.

Pelo Jungle Fight, Rivaldo irá fazer sua estreia pela categoria dos Galos (até 61 Kg) e terá pela frente o lutador Antônio da Silva “Titan”. “Estou migrando de categoria por questões de adequação. Sempre competi na categoria até 66 Kg, porém os outros atletas são bem maiores e já não estava dando para mim. Eu quero continuar competindo e crescendo, então foi necessária essa descida de categoria. Consegui perder os quilos na sauna e com dieta, agora faltam apenas dois quilos”, disse.

Contabilizando um cartel de 14 vitórias, sendo de quatro derrotas e dois empates, experiência é o que não falta para este amazonense. Por isso, o lutador afirma que está tranquilo para o combate que será responsável por alavancar sua carreira.

“Quero fazer uma boa luta com o Titan. Sei que ele é finalizador e vou usar alguns golpes de jiu-jítsu, mas o que vou aplicar mesmo só vou saber quando a luta começar, quando eu sentir o ritmo. Este é um grande momento da minha carreira. Estou confiante na vitória e depois dessa luta almejo participar do UFC, se Deus quiser”, finalizou Rivaldo.