Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Ian Thorpe está na UTI e pode perder movimentos do braço

O australiano está internado para tratar de uma infecção no braço esquerdo que pode levá-lo a perder os movimentos do membro. Cinco vezes campeão olímpico na natação, Thorpe trava uma luta constante contra a depressão e o alcoolismo desde que abandonou as piscinas em 2006

O australiano ganhou cinco medalhas de ouro em Jogos Olímpicos (quatro em Sidney, em 2000, e uma em Atenas, em 2004).

O australiano ganhou cinco medalhas de ouro em Jogos Olímpicos (quatro em Sidney, em 2000, e uma em Atenas, em 2004). (Reprodução)

O astro australiano da natação Ian Thorpe, de 31 anos, foi colocado sob terapia intensiva em um hospital de Sydney para tratar de uma infecção que pode resultar na perda dos movimentos do braço esquerdo, informou a mídia australiana nesta terça-feira (8). De acordo com os relatos, o pentacampeão olímpico contraiu a infecção após uma cirurgia em um hospital da Suíça, onde atualmente reside.

Depressão e alcoolismo

Em fevereiro, o empresário de Thorpe, James Erskine, disse que o atleta de 31 anos estava sofrendo de depressão, após ele ter sido encontrado desorientado e com comportamento estranho próximo a um veículo na Austrália depois de ter tomado um coquetel alcoólico, com antidepressivos e analgésicos para uma lesão no ombro.

Thorpe, que estreou na Olimpíada de Sydney em 2000, aposentou-se em 2006 devido à falta de motivação e tentou um retorno mal-sucedido em 2011, quando não conseguiu entrar para a equipe australiana de natação enviada à Olimpíada de Londres de 2012.

A Ten News, da Austrália, citou fontes próximas e disse que Thorpe foi levado para a clinica privada para realizar um tratamento contra a depressão de que sofre há anos. No ano passado publicou This is Me, uma autobiografia onde conta a sua luta contra a depressão e o álcool.