Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Amazonas representa região Norte no Campeonato Brasileiro de Rugby Seven

O Rugby 7 é disputado em um campo retangular gramado, com dois postes e um travessão em formato de “H” nas extremidades

A equipe quer trabalhar para ter um amazonense nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, pela modalidade Rugby 7

A equipe quer trabalhar para ter um amazonense nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, pela modalidade Rugby 7 (Divulgação)

O Amazonas, através do Grupo da Universidade do Estado, o Grua, representará pela primeira vez a região Norte no Campeonato Brasileiro Seven de Rugby, o BR Seven, no sábado (21) e domingo (22) em Indaiatuba, interior de São Paulo. O objetivo é intensificar a participação da equipe eventos nacionais em 2014 para ter um amazonense na seleção brasileira das olimpíadas de 20165, no Rio de Janeiro.

O BR Sevens conta com representantes das cinco regiões do Brasil e vai reunir 20 equipes que disputarão o naipe masculino. O Grua conquistou vaga na competição nacional em outubro deste ano, após vencer a 3ª Copa Amazônia Legal.

“O time está honrado por representar a região Norte no Brasileiro e estamos preparados fisicamente e psicologicamente para a competição. Não tenho dúvida que faremos um excelente trabalho por lá”, comentou o capitão e técnico da equipe, Cayo Nicolau.

Fazendo parte do Grupo D, o Curitiba será o primeiro adversário do Grua no sábado, 21. Após, o time amazonense enfrenta o Alecrim (RN) e o Varginha (MG). “Nós pegamos uma chave muito boa e temos com ela a oportunidade de trazer um troféu. O primeiro oponente é forte, mas nós também somos”, comentou Cayo.

Ainda segundo o capitão, a participação do Grua em eventos nacionais será mais intensa a partir do ano que vem. “Temos um destaque na equipe que é uma das promessas para 2016, o Ewerton Bezerra. Ele é um cara esforçado, rápido, veloz e muito forte. O Ewerton já foi muito elogiado pela Confederação e estamos apostando nele, que faz parte do Grua e viaja na sexta-feira (20)”, finalizou.

Sobre o Rugby

O rugby esteve presente em quatro edições dos Jogos Olímpicos: 1900, 1908, 1920 e 1924. Em todas essas edições, no entanto, o rugby foi disputado na modalidade tradicional de 15 jogadores. Em 2009, uma assembleia do COI decidiu pelo retorno do esporte ao programa olímpico na edição de 2016. Mas, desta vez, a modalidade a ser disputada no Rio de Janeiro será o Rugby com sete jogadores de cada lado, ou Rugby Sevens, bastante popular pelo mundo.

O Rugby 7 é disputado em um campo retangular gramado, com dois postes e um travessão em formato de “H” nas extremidades. Cada jogo tem dois tempos de sete minutos. O objetivo é conduzir a bola até a linha de gol do adversário, mas os passes com a mão não podem ser dados para um companheiro à frente da linha da bola.

A principal forma de pontuação do Rugby 7 é o try, que vale cinco pontos, quando a bola é apoiada contra o solo na área após a linha de gol.

Participantes do BR Sevens

São Paulo: São José, SPAC, Pasteur, Jacareí e União Rugby Alphaville

Nordeste: Alecrim (RN)

Centro Oeste: Cuiabá (MT)

Norte: GRUA (AM)

Santa Catarina: Desterro e Chapecó

Rio de Janeiro: Rio Rugby e Niterói

Paraná: Curitiba e Lobo Bravo

Rio Grande do Sul: Farrapos e Serra Rugby Clube

Minas Gerais: Uberlândia e Varginha

Convidados: Tornados Indaiatuba e Itaguaí (RJ)