Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

NFL: Seahawks dá show e leva o 48º trófeu do Super Bowl

Principal time de futebol americano de Seattle, no Estado de Washington, teve a melhor defesa do campeonato e mostrou que também é forte no atace ao derrotar o Denver Broncos de lavada: placar final ficou 43 a 8

A equipe de Denver não possuía resposta para as jogadas do Seahawks

A equipe de Denver não possuía resposta para as jogadas do Seahawks (Reprodução/Internet)

O Seattle Seahawks atropelou o Denver Broncos por 43 a 8 na final da liga nacional de futebol americano de 2013/14, na 48º edição do Super Bowl, disputado na noite deste domingo (2) no MetLife Stadium em Nova Jersey, nos Estados Unidos.

A melhor defesa da liga do Seahawks anulou completamente o ataque do Broncos liderados pelo quarterback Peyton Manning. Manning, aliás, mostrou-se irreconhecível durante os quatro quartos de jogo e pouco fez para ajudar sua equipe, chegando a ser interceptado por diversas vezes, algo incomum em se tratando de Peyton Manning.

Por outro lado, o falastrão Cornerback Richard Sherman mostrou-se impecável na defesa do Seahawks. Além disso, a partida consagrou Russel Wilson, o baixinho quarterback do Seahawks, que comandou as jogadas de ataque da equipe de Seattle.

De goleada 

A "blitz" do Seahawks iniciou já no 1º quarto com o Broncos no ataque. No entanto, um safety foi marcado logo aos 12 segundos de jogo e obrigou os Broncos a se defenderem, o que se mostrou um desastre.

A equipe de Denver não possuía resposta para as jogadas do Seahawks e o 1º quarto terminou em 15 a 0 para o Seahawks.

O martírio dos Broncos continuou no 2º quarto e Manning foi o "culpado". O quarterback acabou tendo seu passe interceptado por Malcolm Smith, do Seahawks que avançou até com certa tranqüilidade para marcar o primeiro touchdown da partida. A jogada aumentou ainda mais a diferença no placar quer terminou em 22 a 0.

Os Broncos começaram o terceiro quarto com um bom kick off. O que eles não esperavam é que Harvin recebesse a bola e correse 87 jardas para marcar um touchdown, em apenas 12 segundos. 29 a 0 para os Seahawks. 

Mesmo com a vantagem, o time de Seattle continua com uma boa jogada ofensiva. Jermaine Kearse pegou bem a "football" entre dois defensores e teve que correr 23 jardas enquanto desviava de oponentes para mais um touchdown. Agora, os Seahawks lideram por 36 pontos a zero.

Enfim uma do Broncos! Para não erem o primeiro time a terminar um Super Bowl no zero, eles aproveitaram uma brecha na defesa dos Seahawks para Manning conseguir marcar sem muita dificuldade. Após 14 jardas, o time de Denver fez seu primeiro touchdown. 36 a 8.

A esta altura, os Broncos teriam que reagir de uma maneira pela qual os fãs admirariam por anos, numa inacreditável combinação de sorte e garra. O que não deve acontecer.

A defesa do Seahawks no terceiro quarto já não estava tão feroz quanto antes, o que é natural para um time que lidera por 36 pontos.

Os Seahawks estão embalados. O quarterback Wilson completa todos os passes, inclusive um de 10 jardas para Baldwin, para mais um touchdown.

E com isso, os Seahawks ganharam seu primeiro campeonato nacional de futebol americano! A equipe dominou a partida do início ao fim e, com uma tática avançada, levaram a melhor facilmente. Placar final: 43 a 8.