Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Nacional vence o São Raimundo por 3 a 0 no clássico da rodada

Com a vitória, o Nacional alcançou seis pontos enquanto o São Raimundo continua com apenas dois somados até aqui. Leonardo, do Nacional, saiu de campo com suspeita de fratura no crânio.

O Nacional obteve grande vitória contra seu rival São Raimundo no Campeonato Amazonense

O Nacional obteve grande vitória contra seu rival São Raimundo no Campeonato Amazonense (Rui Costa)

No maior clássico regional, o Nacional superou o São Raimundo por 3 a 0 na tarde deste domingo (16) no estádio Gilberto Mestrinho, em Manacapuru, Região Metropolitana de Manaus. A partida foi válida pela terceira rodada do campeonato amazonense e deu sobrevida ao Nacional, que ainda pode sonhar com a segunda fase da competição.

O jogo

Eder abriu o placar para o Nacional aos 34 minutos da primeira etapa aproveitando um cruzamento de Chapinha. Nacional 1 a 0 São Raimundo.

Aos 39 minutos, em um lance de dividida de bola, Leonardo do Naça choca a cabeça acidentalmente em Franklin, do Tufão. Eles recebem atendimento médico em campo e o jogo fica parado. Leonardo tem suspeita de fratura no crânio.

Logo no início da segunda etapa, aos 5 minutos de bola rolando, o Nacional ampliou o placar. Chapinha fez excelente jogada individual e chutou para o gol. Nacional 2 a 0 São Raimundo.

Para fechar a conta, Eric, que entrou no segundo tempo no lugar de Jeferson Recife, fez o terceiro gol do Nacional. Com direito a drible no goleiro Julião, ele mandou para as redes aos 33 minutos da etapa final. Nacional 3 a 0 São Raimundo. E ficou nisso. 

Nacional

Jairo, Jaylson, Índio, Rodrigão (capitão), Pedrão; Jefferson Recife, Romarinho, Negretti, Chapinha; Leonardo e Fabiano.

Técnico: Francisco Diá

São Raimundo

Julião; Lucas, Felipe e Wilian; Régis Pitbull e Alberoni; Tiago Neiva, Franco, Clayosn, Franklin e Dandô.

Técnico: Luís Miguel

Árbitro

Edmar Campos da Encarnação