Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Flamengo e Cruzeiro se encontram na 14ª rodada do Brasileirão

Depois de dois resultados adversos, Cruzeiro do argentino Montillo recebe o embalado Flamengo, de Ronaldinho Gaúcho, vice-líder do Brasileirão, na Arena do Jacaré-MG

Montillo quer manter a fama de "carrasco" e Ronaldinho a artilharia do Brasileirão

Montillo quer manter a fama de "carrasco" e Ronaldinho a artilharia do Brasileirão (Vipcomm)

Uma Raposa e um Urubu se digladiando na Arena do Jacaré. Só os mascotes das equipes já bastam para que o duelo entre Cruzeiro e Flamengo seja “animal”. Às 20h50 (Manaus), em Sete Lagoas-MG, mineiros e cariocas se enfrentam com objetivos diferentes neste Brasileirão.

Após uma sequência negativa, com derrotas para Atlético Goianiense e Botafogo, esta última dentro de casa, a Raposa voltou a ser criticada, principalmente pela já “tradicional” postura defensiva utilizada pelo treinador Joel Santana.

Para voltar a fazer sua torcida sorrir, o Cruzeiro aposta todas as suas fichas em um meia que tem fama de ser “carrasco” do Flamengo antes mesmo de chegar ao Brasil. O camisa 10 Montillo.

Quando jogava no Universidad do Chile, o argentino brilhou nos jogos contra o Fla, eliminou o Rubro-Negro na Libertadores 2010 e decretou o fim do “Império do Amor”. Após isto, ele foi alvo de vários clubes brasileiros, inclusive do próprio Flamengo, mas, desembarcou na Toca da Raposa e manteve o futebol de alto nível.

“Minhas atuações contra o Flamengo foram fundamentais para vir para o Brasil. Um jogo marca muito. Aquela Libertadores foi muito boa para mim. Às vezes, tem jogo que marca mais. Enfrentar o Flamengo sempre foi bom e, graças a Deus, os dois jogos desde que cheguei no Cruzeiro ganhei. Às vezes, você dá mais sorte contra um time do que com outro”, lembrou o carrasco argentino.

Vale lembrar que há duas semanas, o Cruzeiro derrubou o penúltimo invicto do Brasileirão, o Corinthians, e que desde 2007, os mineiros venceram todos os sete confrontos que tiveram contra o Flamengo.

Rumo à liderança
A boa fase do Flamengo parece não ter fim. Após as vitórias contra Santos e Grêmio, os rubro-negros concentram forças para continuar na “caçada” ao Corinthians. A diferença entre os dois é de apenas um ponto. E a “arma” flamenguista tem crescido junto com o time na competição: Ronaldinho Gaúcho. Artilheiro do Brasileirão com oito gols, o dentuço vive sua melhor fase desde que retornou ao futebol brasileiro.

Nesta terça-feira (02), porém, ele e Thiago Neves não participaram do treino recreativo no Ninho do Urubu. Mas, segundo a comissão técnica, a dupla não preocupa para o jogão de desta quarta. Aliás, preocupa alguém sim: Os zagueiros do Cruzeiro.