Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Argélia goleia Coreia do Sul e decide vaga nas oitavas de final contra a Rússia

Os argelinos não venciam uma partida do Mundial da Fifa desde 1982, quando chegaram a vencer chilenos e alemães. Agora só precisam de um empate contra a Rússia para avançarem no torneio e serem mais uma surpresa do mundial

Argélia arrasou a Coreia do Sul no estádio Beira-Rio.

Argélia arrasou a Coreia do Sul no estádio Beira-Rio. (Reprodução/internet)

Com um primeiro tempo devastador, a Seleção da Argélia foi para o intervalo de jogo no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, com três gols de vantagem sobre os sul-coreanos, que não conseguiram acertar uma vez sequer o gol dos argelinos. Na etapa complementar os asiáticos até fizeram dois gols, mas acabaram tomando mais um, e sendo goleados por 4 a 2.

Os “Raposas do Deserto” (como é conhecida a Seleção da Argélia) estrearam na Copa do Mundo sendo derrotados pela Bélgica, por 2 a 1. Deixando de atacar em muitos momentos, os comandados de Vahid Halilhodzic até conseguiram sair na frente, mas cederam à pressão belga. A impressão deixada não foi boa. Eis que, diante da Coreia do Sul, a Argélia mostrou o futebol esperado para uma seleção que conta com atletas atuando em clubes tradicionais da Europa.

Com troca de passes rápidos, muita movimentação e velocidade, os argelinos não tardaram para envolver uma frágil Coreia. O primeiro gol até demorou a sair. Slimani, aos 26, fez 1 a 0 após lançamento de Medjani. O zagueiro Halliche fez o segundo apenas dois minutos depois, e Djabou após passe de Slimani, fez o terceiro.

Os comandados do técnico e Hong Myung-Bo - que foi um dos principais jogadores da história sul-coreana - deixaram muito a desejar. Park Chu-Young, que atua pelo Arsenal, e Son Heung-Min, considerado o "Neymar coreano", até tentaram, mas não mostraram o futebol desejado. Facilmente envolvidos pela marcação, os sul-coreanos conseguiram a proeza de ir para o intervalo sem uma única finalização ao gol de M'Bouhli.

Na segunda etapa, Son Heung-Min - o Neymar deles - dominou a bola com as costas, levou vantagem sobre a marcação e finalizou por debaixo das pernas M'Bouhli. Gol coreano na primeira finalização da seleção asiática em toda a partida. O gol até animou a partida, mas Brahimi fez o quarto para os argelinos e selaram o destino da partida a seu favor. Koo Ja-Cheol, até fez o segundo tento dos asiáticos, mas era tarde demais.

Com o resultado, a Argélia joga por um empate contra os russos na Arena da Baixada e, desde que, os belgas não sejam derrotados pelos sul-coreanos, no dia 26, no Itaquerão, em São Paulo, estarão nas oitavas de final da competição.  Fato inédito na história da equipe do Norte da África.