Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Atacante Donovan faz duras críticas a Seleção dos EUA após eliminação na Copa

O maior ídolo da história do futebol norte-americano “detonou” a equipe depois da derrota para os belgas. O jogador ficou de fora da Copa por ter sido cortado pelo técnico Klissmann

Donovan criticou duramente a Seleção do Estados Unidos após o jogo contra a Bélgica.

Donovan criticou duramente a Seleção do Estados Unidos após o jogo contra a Bélgica. (Reprodução/internet)

“Três jogos medíocres”. Foi assim que o atacante dos Los Angeles Galaxy, Landon Donovan, classificou a participação da Seleção dos Estados Unidos na Copa do Mundo. De acordo com o jogador, a única partida que a equipe mereceu vencer foi contra Portugal. Justamente o jogo na Arena da Amazônia, em Manaus, onde o time estadunidense cedeu o empate no fim do confronto.

Donovan é o maior artilheiro dos Estados Unidos, com 57 gols, o jogador ficou de fora da lista final do treinador alemão Jurgen Klissmann, para a disputa do Mundial. Fato que gerou muita polêmica entre os norte-americanos. O atacante não poupou críticas a equipe, logo após a eliminação nas quartas de final frente à Bélgica.

“Nossa seleção voltou a mostrar que precisa evoluir com relação às melhores equipes. Acredito que falta talento e atitude para ganhar de times com Alemanha e Bélgica, ainda que tenha sido positivo passar de fase em um grupo tão difícil”, criticou o jogador, que foi contratado como comentarista de um canal de esportes durante a Copa.

O jogador, de 32 anos, admitiu na semana passada que, no dia seguinte depois de receber a notícia de que tinha sido cortado da seleção dos Estados Unidos, desejou que a equipe fosse "se sair mau". Porém, depois falou que mudou de ideia imediatamente e deu todo o seu apoio a equipe que viria ao Brasil. No entanto, não deixou de criticar.


“A realidade é que a equipe não jogou bem contra Gana, eles foram melhores. O oposto do que aconteceu com Portugal, quando eles fizeram um grande jogo e mereciam marcar mais gols", declarou Donovan, em seu resumo do que foi a participação da seleção norte-americana em seu sétimo Mundial consecutivo da história.

O único que mereceu elogios do jogador, foi o bom arqueiro dos Estados Unidos. “Só o grande desempenho do goleiro Tim Howard nos impediu de sermos goleados por Alemanha e Bélgica", disse Donovan. "O desempenho de Howard contra a Bélgica foi incrível, eu nunca tinha o visto uma atuação tão boa nos mundiais que joguei.", completou o jogador.