Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

'Au revoir, Le Bleus'. Alemanha chega na semifinal da Copa do Mundo vencendo por 1 a 0

Com a frieza de sempre, os alemães despacham a seleção francesa e estão, pelo quarto Mundial seguido, entre as quatro melhores equipes do mundo

Hummels foi preciso em seu arremate de cabeça

Hummels foi preciso em seu arremate de cabeça (Bruno Kelly)

A seleção alemã parece tralhada para as grandes decisões. O roteiro traçado antes mesmo de sair da Alemanha se cumpriu: o de chegar, no mínimo, até a semifinal do Mundial. O time do técnico Joachim Löw fez o de sempre, tocou a bola no campo do adversário, com a serenidade de quem sabe que sairá vencedor. E foi neste ritmo que os germânicos conseguiram de novo e estão, agora, a um passo da final da “Copa das Copas”.

Com um gol de Hummels logo aos 13 minutos da etapa inicial, a Alemanha conseguiu mais uma vez se impor e fazer o seu jogo fluir com naturalidade. Coube aos valentes franceses correr atrás do prejuízo. E com um goleiro como Neuer guardando a meta adversária, a missão dos Bleus se tornou quase impossível.

Foram sete finalizações dos franceses somente no primeiro tempo, enquanto o ataque alemão - que tinha Klose como titular, tentado quebrar o recorde de Ronaldo (de maior artilheiro em Copas do Mundo) - chutou apenas duas vezes. Quando os franceses acertavam o alvo, o goleiro alemão defendia. Pobga mandou no meio de campo. Valbuena e Griezmann municiaram o atacante Benzema, que não foi feliz nas conclusões.

No segundo tempo, a equipe comandada por Didier Deschamps se jogou ao ataque como nunca. Mas a defesa alemã se comportou bem, melhor do que nas partidas anteriores, onde chegou a passar sufoco diante dos ganeses e argelinos, por exemplo.

Tanta ânsia no ataque deixou espaços para os contra-ataques da Alemanha. Num deles, Müller quase amplia o placar. Lloris fez boa defesa contando com ajuda da trave. Mas no final o placar fechou mesmo em 1 a 0 para os alemães.

Essa é a 13ª vez que a seleção tricampeã do mundo chega a uma semifinal do Mundial e a quarta vez consecutiva. Os números superam até mesmo os do Brasil e a impressionante Alemanha aguarda, agora, o outro semifinalista - que sai do jogo entre brasileiros e colombianos.