Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Brasil vence a Sérvia com gol solitário de Fred e erros na defesa

 O últmo teste da seleção brasileira antes da estreia da Copa serviu para expor falhas na zaga até então tida como a melhor do mundo

Fred comemora com Thiago Silva o gol diante da Sérvia no Morumbi.

Fred comemora com Thiago Silva o gol diante da Sérvia no Morumbi. (Divulgação/CBF)

Brasil e Sérvia se enfrentaram no estádio do Morumbi, em São Paulo, em jogo amistoso que serviu como derradeira partida preparatória do time de Felipão para o mundial que tem início na próxima quinta-feira (12). Os sérvios estão na 30ª posição no ranking da FIFA e acabaram de fora do mundial após ficarem em terceiro lugar no Grupo A das eliminatórias europeias, sendo superados pela Bélgica e Croácia.

Conhecido como um time muito aguerrido, de forte macação e aplicação tática, a Seleção da Sérvia enfrentou o Brasil de igual para igual desde o início do jogo. Permanecendo em seu próprio campo, os sérvios atrairam o Brasil, e após a tomada da bola partiam com toques rápidos para o ataque.

Em tarde que a dupla de zagueiros brasileiros bateram cabeça por diversas vezes, Thiago Silva e David Luiz estiveram irreconhecíveis em campo. Os laterais, Daniel Alves e Marcelo, avançavam muito e deixavam espaços para os contra ataques do adversário, que por diversas vezes durante a partida, tiveram a chance de abrir o marcador. 

Neymar também não teve boa atuação, e carregou demais a bola. Oscar foi outro jogador que parece não ter entrado em campo contra os sérvios, fazendo com que o meio da seleção fosse anulado durante todo o jogo. As boas atuações de Fred, autor do gol, e do meia William, que substituiu Oscar salvaram a tarde do time de Luiz Felipe Scolari. 

O jogo

Como já era esperado, os sérvios apertaram a marcação logo assim que o apito inicial da arbitragem soou. Neymar foi a primeira vítima do jogo, recebendo falta em menos de dois segundos de partida.

A seleção ficou tocando a bola em seu campo de defesa esperando o momento certo de tentar entrar na defesa sérvia. Porém, a equipe do técnico  Ljubinko Drulovic parece ter estudado bem a equipe brasileira e se postou firme, sem dar chance de avanços dos velozes laterais brasileiros.

A primeira chance de gol aconteceu aos oito minutos, quando Koralov chutou cruzado e assustando parte da torcida quando a bola bateu na rede pelo lado de fora. O primeiro chute a gol da seleção brasileira só saiu aos 23 minutos, quando Neymar chutou de longe e a bola passou sobre o travessão do gol sérvio.

Logo em seguida o adversário teve duas chances seguidas de fazer o gol, com Koralov e Mitrovic. Aos 43 minutos da etapa inicial o lance mais bizarro da zaga brasileira: Thiago Silva e David Luiz disputaram a mesma bola num lance digno de pelada de fim de ano. O lance parece ter contagiado o goleiro Júlio César que quase entrega o ouro em saída de bola errada nos pés de jogador sérvio, que não aproveitou a chance.

A seleção brasileira sai para o intervalo debaixo de vaias do público do Morumbi. Felipão parece ter dado uma bronca imensa no elenco no vestiário. O primeiro a sofrer o descontentamento de Scolari foi o meia Oscar, que cedeu lugar ao veloz Willian.

A defesa continuou errando muito na saída de bola, o que deixou o torcedor nas arquibancadas furioso. Willian buscou mais o jogo e começou a trocar passes com Neymar tentando furar o bloqueio sérvio. 

A massa no Morumbi perdeu a paciência com os contantes erros na troca de passes do meio para o ataque da seleção e começou a pedir por Luís Fabiano (atacante do São Paulo que não foi convocado). Aos 13 minutos quando o meio parecia batido, eis que o zagueiro Thiago Luiz resolveu. O defensor fez lançamento primoroso para o atacante Fred, que mesmo marcado por dois adversários, dominou no peito, foi derrubado e, ainda caído, empurrou pras redes.

Brasil 1 a 0 e a torcida que vaiava começou a apoiar o time. Mas a seleção não aproveitou o embalo da galera e continuou errando muito. Os sérvios não mudaram o esquema de jogo e permaneceram jogando nos erros da equipe brasileira. Hulk chegou a ampliar o marcador, mas teve gol anulado, erroneamente, pela arbitragem.

O jogo seguiu com a seleção sérvia assustando, metendo até bola na trave da meta de Júlio César. Mas não passou disso, final de jogo e a seleção de Felipão segue sua caminhada rumo ao hexa com mais uma vitória. Vale ressaltar que a escola sérvia é da mesma dos croatas, adversários da estreia na Copa. Sinal de alerta pra Seleção!

FICHA TÉCNICA:

BRASIL 1 X 0 SÉRVIA

Local: Morumbi, em São Paulo

Data: 6 de junho de 2014 (terça-feira) 

Horário: 16h (de Brasília)

Renda: R$ 8.693.940,00

Público pagante: 63.280

Árbitro: Henrique Caceres (Paraguai) 

Assistentes: Dario Gaona (PAR) e Milciades Saldivar (PAR)

Cartões amarelos:  (BRA); Matic e Petrovic  (SER)

Gol:  Fred, aos 13min do segundo tempo

BRASIL: Júlio César; Daniel Alves (Maicon), Thiago Silva, David Luiz e Marcelo (Maxwell); Luiz Gustavo, Paulinho (Fernandinho) e Oscar (Willian); Hulk, Fred (Jô) e Neymar

Técnico: Luiz Felipe Scolari

SÉRVIA: Stojkovic (Lukac); Basta, Ivanovic, Tosic e Kolarov; Jojic, Tadic (Zoran Tosic), Petrovic e Matic; Mitrovic (Gudelj) e Markovic (Dordevic)

Técnico: Ljubinko Drulovic