Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Jovem de 11 anos foca mundial de Jiu-Jítsu para se consagrar nº 1

A atleta Luana Iolanda treina "forte", de segunda a sábado, e a meta é conquistar o 1º lugar no mundial, que acontece no ginásio Ibirapuera, em São Paulo

Luana conquistar vaga no próximo Campeonato Mundial de Jiu-Jítsu Esportivo

Luana conquistar vaga no próximo Campeonato Mundial de Jiu-Jítsu Esportivo (Divulgação)

Aos 11 anos de idade, Luana Iolanda Almeida conquistou a vaga de representante do Amazonas no próximo Campeonato Mundial de Jiu-Jítsu Esportivo que acontece em agosto no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, e é promovido pela Confederação Brasileira de Jiu-Jítsu Esportivo (CBJJE). Luana vai disputar na categoria peso pesado do infantil (de 46 a 54 quilos).

A paixão de Luana pelo jiu-jítsu foi de imediato. Logo aos 3 anos de idade começou a praticar a modalidade e, segundo ela, os resultados conquistados são em razão do foco nos treinamentos. A atleta treina "forte", de segunda a sábado, no Clube do Trabalhador do Amazonas (Sesi), e que a meta é conquistar o 1º lugar no mundial, para assim continuar os treinamentos e conseguir a faixa preta.

Sem atrapalhar no convívio social com as amigas, participando de brincadeiras, cinema e ouvir música, Luana afirmou que pretende cursar a faculdade de Arquitetura, mas sempre conciliando com o esporte. Desde 2008, ela é aluna da Unidade Dra. Émina Barbosa Mustafa, cursando o 6º ano, turno vespertino. com apoio da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam)

No currículo de Luana constam várias conquistas, como o 1º lugar no Campeonato Brasileiro Jiu-Jítsu (2012), 2º lugar na Copa América de Jiu-Jítsu (2012), 3º lugar na Copa América de Jiu-Jítsu (2013), 2º lugar no Campeonato Mundial Mirim Jiu-Jítsu (2012), 1º lugar na Seletiva Amazonense de Jiu-Jítsu (2013) e 1º lugar no XXV Campeonato Amazonense de Jiu-Jítsu (2012).

O supervisor de Esportes do Sesi, Alberto Júnior, disse que a união de educação com o esporte contribui para a formação de atleta e de cidadão. "Vários aspectos para a formação integral do aluno, como respeito às regras, trabalho em equipe e organização, enquanto que a educação contribui com o conhecimento e o desenvolvimento intelectual", disse. Segundo ele, essa estratégia gera bons resultados.

*Com informações da assessoria de imprensa