Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Contrato com a FIFA provoca cancelamento de inauguração dos COTs em Manaus

A organizadora da Copa no Brasil ficou sabendo das inaugurações por meio da imprensa local. UGP e Governo do Estado acataram a decisão

Campo Oficial de Treinamento Carlos Zamith, no Coroado, em obras no mês de janeiro

Campo Oficial de Treinamento Carlos Zamith, no Coroado, seria inaugurado com clássico neste sábado (24) mas foi cancelado um dia antes (Divulgação)

O Governo do Estado do Amazonas cancelou as inaugurações dos Centros Oficiais de Treinamento da Copa (COTs) Estádio Municipal Carlos Zamith, localizado no Coroado, Zona Leste de Manaus, assim como o do Estádio Ismael Benigno (o Colina), na Zona Oeste, marcadas para os dias 24 e 31 deste mês, respectivamente.

O COT do Coroado seria inaugurado neste sábado às 19h, com a partida entre Rio Negro e Nacional válido pela abertura do Campeonato Amazonense de Juniores. Já o COT da Colina, estava previsto para ser inaugurado no dia 31 deste mês com o clássico Galo Preto, embate entre São Raimundo e Sul América. A decisão foi tomada após ser revista uma cláusula de contrato com a FIFA, organizadora da Copa do Mundo no Brasil, que previa que não poderiam haver jogos nos Centros de Treinamentos antes da Copa.

Indagados sobre o porquê da decisão ser tão em cima da hora - afinal, a inauguração do COT do Coroado havia sido anunciada oficialmente nesta sexta-feira (23) –  a assessoria de imprensa da Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP Copa) disse que, na verdade, havia acontecido um equívoco em relação às datas, que estão muito próximas do início do Mundial. Os centros, inclusive, já deveriam ter sido entregues à administração da FIFA, assim como ocorreu com a Arena da Amazônia nesta quinta-feira (22).

O comunicado pegou de surpresa o Diretor de Futebol da Federação Amazonense de Futebol, Ivan Guimarães, que lamentou a decisão: “Acabamos de ser comunicados dessa decisão. Ficamos tristes pois já havia sido feito todo um cronograma da partida. Já havíamos comunicado as equipes, a arbitragem e tudo mais. Mas o que podemos fazer é acartar a decisão do Governo. Paciência”,    

A UGP Copa informou, ainda, que uma reunião está sendo feita com o governador do Estado, José Melo, e o coordenador do projeto, Miguel Capobiango, com o intuito de decidir se haverá alguma solenidade de entrega da obra.     

FIFA veta depois de ver na imprensa

Contatado por telefone através da reportagem do Portal ACRITICA.COM, Miguel Capobiango confirmou que a FIFA havia ficado sabendo das inaugurações por meio de matérias veiculadas na imprensa local.

A entidade máxima do futebol mundial entrou em contato com UGP cobrando esclarecimento e, posteriormete, vetando as inaugurações. “Eles nos ligaram e falaram que não daria mais tempo de fazer nenhum evento nos centros antes do início do Mundial”, confirmou o coordenador.