Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Copa no Brasil foi um sucesso, diz Blatter ao passar sede à Russia

Para o presidente da Fifa, o evento - exemplo de união entre as pessoas - certamente trará um legado ao País. Dilma Rousseff, por sua vez, disse que o Mundial só não foi perfeito por causa da derrota da Seleção Brasileira

Presidenta Dilma Rousseff entrega simbólica da Copa do Mundo do Brasil para a Rússia

Presidenta Dilma Rousseff entrega simbólica da Copa do Mundo do Brasil para a Rússia (Roberto Stuckert/Presidência da República)

O presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Joseph Blatter, disse na noite deste domingo (13), em cerimônia fechada no Estádio do Maracanã que marcou a transferência da sede do Brasil para a Rússia, com a presença dos presidentes Dilma Rousseff e Vladimir Putin, que a Copa do Mundo de 2014 foi um sucesso. Na ocasião, Blatter apresentou um certificado de transferência simbólica do evento para Putin e entregou bolas oficiais da partida autografadas aos dois chefes de Estado.

"A Copa do Mundo da Fifa no Brasil apresentou uma mensagem muito especial – uma mensagem de união, conectando as pessoas, uma mensagem de paz e antidiscriminação”, disse Blatter. “A Copa do Mundo em 2014 foi de muito sucesso e certamente veremos um legado neste País”.

Presidenta Dilma Rousseff entrega simbólica da Copa do Mundo do Brasil para a Rússia Roberto Stuckert/Presidência da República

A presidenta Dilma desejou sorte ao povo russo na organização do torneio e disse que o Brasil se orgulha muito de ter recebido a Copa mais uma vez e que o mundo esteve conectado com o país por 30 dias, celebrando gols com emoção nas 12 cidades-sede.

“Estou certa de que todos os que vieram ao Brasil, como os turistas e as delegações, levarão de volta as lembranças da nossa hospitalidade e alegria, e nós, brasileiros, também teremos memórias inesquecíveis”. Desejo ao povo russo muito sucesso na organização da Copa do Mundo da Fifa 2018.”

O presidente russo agradeceu a oportunidade de seu país poder realizar a Copa de 2018, disse que o futebol ajuda a solucionar problemas sociais e elogiou a organização do torneio feito pelo Brasil.  “Faremos tudo o que pudermos para organizar o evento no mais alto nível”, completou Putin.

Quase perfeito

Ao passar simbolicamente a sede da Copa do Mundo ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, a presidenta Dilma Rousseff disse que o Mundial no Brasil só não foi perfeito por causa do insucesso da seleção brasileira.

“Nós, brasileiros, guardaremos a emoção e satisfação de ter realizado um evento muito bem-sucedido, uma Copa que só não foi perfeita porque o hexacampeonato não veio”, disse a presidenta.

A partir de agora, com o encerramento da Copa no Brasil, frisou Dilma, os olhos estarão voltados para a Rússia “um país especial, de uma cultura rica, e que terá a honra de sediar o maior dos espetáculos do futebol”.

A presidenta convidou os estrangeiros a voltarem ao Brasil em 2016. “Nós, brasileiras e brasileiros de todos os cantos deste imenso e adorado país, convidamos todos a voltarem para as Olimpíadas e Paraolimpíadas 2016, que sediaremos com a mesma competência e hospitalidade dedicadas à Copa do Mundo Fifa Brasil 2014”.