Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Copa do Mundo: grupos E e F definem vagas nesta quarta

Última rodada de partidas na primeira fase do mundial de futebol acontece hoje com França x Equador, no Rio; Suíça x Honduras, em Manaus; Argentina x Nigéria, em Porto Alegre; e Bósnia x Irã, em Salvador

Jogadores da Suíça durante treino na Arena da Amazônia, nesta terça-feira

Jogadores da Suíça durante treino na Arena da Amazônia, nesta terça-feira (Marcio Silva)

A última rodada da primeira fase do Mundial continua nesta quarta-feira (25), confirmando classificações e mandando seleções para casa. No Grupo E, a seleção equatoriana tenta repetir o feito de 2006, quando chegou às oitavas de final, em sua melhor participação em copas. Mas, para isso, terá que vencer a já classificada seleção francesa no Maracanã, às 17h (horário de Brasília). Um empate também pode servir aos sul-americanos, desde que Honduras vença a Suíça no outro jogo desta quarta-feira.

A tarefa dos hondurenhos, no entanto, não é fácil. Apesar de ainda terem remotas chances de classificação, precisam golear a Suíça em Manaus, também às 17h, e torcer por uma vitória da França. Por causa da goleada de 5 a 2 sofrida contra a França na última rodada, os suíços terão que fazer muitos gols e melhorar o saldo, por enquanto negativo, para não depender de uma derrota do Equador, com quem estão empatados em pontos.

Pelo Grupo F, a Argentina enfrenta a Nigéria às 13h (horário de Brasília), em Porto Alegre. A Argentina já está classificada, mas ainda deve uma boa apresentação à sua torcida. Se não fosse por momentos de brilhantismo de Lionel Messi, os argentinos estariam com a calculadora na mão nessa rodada. Os africanos, com três pontos, precisam apenas de um empate para chegar às oitavas. A última vez que conseguiram passar a essa fase foi em 1998, na França.

No outro jogo do grupo, Bósnia e Irã se enfrentam em Salvador, também às 13h. Enquanto os bósnios se despedem hoje da Copa, sem chance de classificação, os iranianos jogam precisando da vitória e torcendo por uma derrota da Nigéria, para que consigam superá-la no saldo de gols. As fracas atuações dos dois países serão um teste de fogo para a boa fama da Fonte Nova, palco de partidas repletas de gols nesta Copa. Os bósnios só marcaram uma vez na competição e o Irã ainda não sabe o que é comemorar gol em terras brasileiras.