Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

A ‘zumbi’ Costa Rica vence Itália e despacha Inglaterra no ‘grupo da morte’

Tida como o provável de pancadas do grupo D da Copa do Mundo 2014, os costarriquenhos surpreendem mais uma vez derrotando os tetracampeões do mundo. De quebra, ainda despachou os “súditos da rainha” mais cedo pra casa

Costa Rica vence a Itália e avança no grupo da morte.

Costa Rica vence mais a Itália e avança no grupo da morte. (Divulgação/FIFA)

Si, se puede! Os costarriquenhos venceram a seleção italiana e estão classificados para as oitavas de final da Copa do Mundo. A partida ocorreu na Arena Pernambuco, no Recife, no início da tarde desta sexta-feira (20). Com o resultado, veio a confirmação do vexame inglês, que contava com uma vitória da Itália para continuar viva no torneio.

Conhecido como o grupo mais difícil da Copa desde o sorteio da Fifa em dezembro de 2013. O grupo D já tinha com certa a eliminação da seleção da América Central, concentrando a briga entre a tetracampeã, a Itália; o bicampeão do mundo, o Uruguai, e a campeã da Copa de 1966, a Inglaterra. Porém, depois de duas partidas a Costa Rica continua mais viva do que nunca no grupo da morte.

Com uma Itália sem criação no meio de campo e Balotelli perdendo as poucas chances no ataque da Azzurra, os italianos tombaram diante dos costarriquenhos. E agora terão um verdadeiro mata-mata contra a “Celeste Olímpica”, na próxima terça-feira (24), na Arena das Dunas, em Natal. Caso percam o jogo para o Uruguai, os italianos verão sua permanência no Mundial escapar pelos dedos como areia.

Aos gritos de “Si, se puede!”, os torcedores dos Ticos (apelido dos jogadores da Costa Rica) foram à loucura após o gol, marcado por Bryan Ruiz, de cabeça. Com o triunfo de 1 a 0, a seleção costarriquenha chegou aos seis pontos no grupo. Agora a seleção a América Central terá como rival, o combalido, “English Team” na derradeira rodada do torneio, e podem até perder que mesmo assim estarão na próxima fase da Copa.

Com a classificação, a Costa Rica iguala a campanha da equipe de 1990, quando a equipe comandada por Wanshope (hoje, auxiliar-técnico do treinador colombiano, Jose Luis Pinto) também alcançou as oitavas de final da Copa da Itália.