Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Ícone holandês, Cruyff volta a detonar futebol da Seleção

O maior jogador da história do futebol holandês criticou muito a forma como o time de Felipão tem se apresentado na Copa. O ex-atleta aposta na Alemanha como finalista do Mundial

Johan Cruyff voltou a detonar a Seleção Brasileira.

Johan Cruyff voltou a detonar a Seleção Brasileira. (Reprodução/internet)

Johan Cruyff, o comandante do “Carrossel Holandês”, como ficou conhecida a seleção da Holanda de 1974, voltou a tecer críticas ao estilo de jogo da Seleção Canarinho. O ex-craque, que ajudou a eliminar o Brasil do Mundial da Alemanha naquele ano, já havia detonado a equipe comandada pelo técnico Dunga, na Copa da África em 2010. A lenda do futebol ainda disse estar torcendo para uma final entre holandeses e alemães.

"Pelo futebol, eu espero que os alemães passem, porque os brasileiros simplesmente se negam a jogar um futebol melhor do que eles fazem agora. Quando eu vejo tantos bons jogadores que eles têm no banco, porque eles preferem os atletas que ficam lá atrás apenas tocando a bola, isso me irrita muito.", criticou o ex-jogador.

Cruyff também estendeu sua irritação com as atuações da Argentina. "É um pecado que países como Brasil e Argentina aproveitem tão pouco seu talento", afirmou o vice-campeão mundial em 1974. O ex-meio campista da Holanda comentou sua torcida pela tricampeã mundial, a Alemanha. “Gosto principalmente de Toni Kroos. O garoto está jogando bem. Seu controle de bola é quase perfeito."


Time de Dunga criticado na África

O ex-jogador já havia criticado duramente a Seleção no Mundial da África, em 2010. Naquela oportunidade, a equipe Canarinho era comandada pelo capitão do tetra, Dunga. “Cadê o time brasileiro que todos nós conhecemos? Lembro de jogadores como Gerson, Tostão, Sócrates, Falcão, Zico. Agora, só vejo Gilberto, Melo, Bastos, Julio Baptista”, criticou Cruyff em entrevista a um jornal inglês na época.

Naquela oportunidade, Cruyff disse que não gastaria um tostão para ver a Seleção Brasileira, e que o time verde-amarelo era apenas um time como outro qualquer. O ex-craque do Barcelona foi além: “Eles têm jogadores talentosos, mas jogam de uma maneira defensiva. É uma vergonha para o torneio. Os torcedores sempre querem apreciar o futebol brasileiro, a fantasia que eles trazem para a Copa do Mundo, mas não terão nada disso agora.”.