Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Princesa e Nacional disputam taça e podem definir campeão do ‘Barezão’, neste domingo (11)

Tubarão e Leão jogam segunda partida pela Taça Cidade de Manaus, entretanto confronto pode dar título de campeão amazonense ao time de Manacapuru por antecipação. Jogo ocorre às 17h, no Sesi

Em caso de vitória, Princesa pode levar Taça Cidade de Manaus e se consagrar campeão estadual de 2014

Em caso de vitória, Princesa pode levar Taça Cidade de Manaus e se consagrar campeão estadual de 2014 (Winnetou Almeida)

O segundo jogo da final da Taça Cidade de Manaus, neste domingo (11), às 17h no estádio do Sesi, Zona Leste, também poderá ser o último jogo da final do Campeonato Amazonense 2014. Para isso, basta apenas uma vitória simples do Princesa diante do Nacional. Com o resultado o Tubarão vence o returno e conquista o título por antecipação, por ter vencido o primeiro turno. Um empate favorece o Leão, que quer a taça do returno para forçar a decisão do campeonato em mais dois jogos.

O primeiro embate teve a vitória, de virada, do time azulino (2 a 1), que vai tentar impor o mesmo ritmo, para surpreender o atual campeão amazonense. De fora do confronto por estar lesionado, o lateral Amaral será substituído por Dailson. “As características de jogo mudam, mas tenho certeza que ele não vai decepcionar”, afirmou o treinador Sinomar Naves.

De olho no adversário, o técnico do Nacional, Sinomar espera comprometimento do grupo. “Assisti ao jogo do Princesa (contra o Santos). Fez um bom segundo tempo, teve uma boa dinâmica e reação esperada. Espero que os nossos jogadores tenham o mesmo comprometimento, como foi o da primeira final”, frisou.

Sede de gol

Artilheiro do Estadual do ano passado, com 14 gols, o atacante Leonardo, aos poucos, vai ocupando seu espaço. Mais de dois meses afastado do clube por ter sofrido uma fratura no rosto, o jogador entrou no segundo tempo da partida contra o Princesa e “incendiou” o jogo. A garantia da participação como titular ainda não é certa. “Dentro daquilo que nós planejamos de recuperação ele vem passando por etapas. Entrou bem no segundo tempo contra o Princesa e fiz um treinamento com ele, o Fabiano e o Capixaba (Felipe). Vou definir isso antes do jogo”, analisou Naves.

Voltando aos poucos, atacante Leonardo quer fazer a diferença na final (Foto: Bruno Kelly)

Ansioso pela plena recuperação, Leonardo ficou fora de partidas importantes e espera que hoje possa ser diferente. “É ruim estar do lado de fora e ver o Nacional jogar com o Remo e Corinthians. A situação de não poder ajudar a equipe é muito ruim”, disse o jogador que aguarda a entrada no jogo. “Venho treinando há muito tempo e o professor me deu uma chance de poder ajudar na última partida. Se optar por mim estarei preparado”, avisou.

Princesa

Embalado com a “derrota empolgante” para o Santos, o Princesa volta as atenções para a final. Uma vitória por qualquer placar dá o bicampeonato ao time do interior. A exemplo do que fez na Copa do Brasil, o técnico Marcos Piter vai com o discurso humilde e respeitador.

“Temos que ter consciência e respeito. Não vai ser fácil e precisamos estar atentos”, declarou. A atenção pedida pelo treinador aos jogadores também se resume ao atacante do Nacional, Leonardo. “É um grande jogador e muito perigoso. É um cara que faz gols e se mexe muito no jogo. Temos que ter atenção nele, mas também em outros jogadores”, acrescentou o treinador que definiu o time na tarde de ontem.

O meio de campo Fininho acredita num time mais focado no Estadual. “A derrota passada serviu de lição. Precisamos entrar com muito mais vontade e determinação. Estamos preparados para fazer o melhor. Vai oferecer um grande jogo”, prevê o meia que foi um dos destaques na partida contra o Santos.