Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Delegação italiana aterrissa em Manaus para seu primeiro jogo na Copa e é recebida com festa

Dezenas de fãs da seleção italiana esperavam ansiosamente a chegada da delegação, tanto no saguão do aeroporto Eduardo Gomes quanto em frente ao Quality Inn Hotel

chegada delegação

O voo da companhia aérea Gol, que trazia a equipe italiana aterrissou no aeroporto por volta das 13h30 (Euzivaldo Queiroz)

Os jogadores da seleção da Itália chegaram a Manaus no início da tarde desta sexta-feira (13) e já foram direto para o Quality Hotel localizado na avenida Mário Ypiranga Monteiro (antiga Recife), Zona Centro-Sul de Manaus. O voo fretado da companhia aérea Gol, que trazia a equipe italiana, aterrissou no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, na Zona Oeste, por volta das 13h30.

Após descerem da aeronave, a delegação se encaminhou diretamente ao ônibus que faria o transporte até o hotel. Dezenas de fãs da seleção italiana esperavam ansiosamente a chegada da delegação, tanto no saguão do terminal aéreo quanto em frente ao Quality Hotel. Bandeiras, brasões e cartazes eram empunhados pelos admiradores da Itália.

Todo o esquema de segurança utilizado na chegada da seleção foi repetido na vinda dos italianos do aeroporto até o hotel: batedores da Polícia Rodoviária Federal (PRF), agentes da Polícia Federal (PF), assim como várias viaturas da Polícia Militar (PM) fizeram a escolta do veículo, que fez o trajeto pela avenida Torquato Tapajós e, em seguida, pela avenida Mário Ypiranga Monteiro até o hotel.


Na chegada do ônibus em frente ao local da concentração italiana começou a histeria da mutidão. Cerca de 400 pessoas, em sua maioria mulheres, começaram a gritar e fotografar o veículo antes mesmo de ver algum jogador italiano. Por pouco as barreiras montadas pelos agentes da PF não foi rompida.

Assim que a porta do ônibus abriu e os primeiros atletas começaram a descer, o papocar dos flashes de câmeras foi intenso. Os mais festejados foram os craques mais conhecidos, como Pirlo e Buffon.

Porém, os gritos mais ensurdecedores foram guardados para a saída do atacante Balotelli. O craque italiano também conhecido como "Super Mario" foi recebido com honras de superstar. Logo depois que todos os jogadores entraram no saguão do hotel, as portas foram fechadas e a mutidão começou a ir embora.

Público feminino na espera dos galãs

Como já era esperado, a maioria dos fãs na porta do hotel da seleção italiana era composta por mulheres. Tida como a seleção com os mais belos jogadores do Mundial, os italianos são tietados pelas fãs brasileiras tanto pelo bom futebol apresentado, como por sua beleza.

Foi o que motivou Semíramis Oliveira, de 27 anos, a moça acompanhada de algumas amigas enfrentou o sol escaldante da tarde desta sexta-feira (13) para, como ela mesmo disse, “limpar a vista”. “Quero ver o Buffon e o Pirlo, o Balotelli também. Quero ver todos, na verdade”, disse a eufórica fã.


Os “tifosi” estarão na Arena

Mais contido, mas não menos entusiasmado estava Paolo Cassarino, de 45 anos,  italiano da região da Sicília, o empresário está em Manaus desde semana passada exclusivamente para prestigiar a Seleção da Itália. “Viemos da Venezuela, onde vivo. Estou aqui com mais três italianos. Vamos todos ao estádio empurrar a Azzurri , pois somos tifosi (fã em italiano)”, comentou o torcedor.


Cassarino empunhava com orgulho a bandeira italiana, enquanto passava protetor solar no rosto. Ele nos disse que estava sofrendo com o forte calor, mas iria aguentar. Quando perguntamos qual seria o grito da torcida italiana no jogo contra os ingleses ele gritou: “Forza Azzurri!”, disparou com o lema da torcida italiana. 

A paixão estampada na pele

Porém, não foram somente as mulheres e os turistas italianos que foram receber a Itália no hotel. Ivan Mola, de 33 anos, nasceu em Puglia, cuja capital é Bari, e com menos de um ano de idade veio morar em São Paulo. O diretor artístico confessou que já gastou mais de R$ 8 mil em passagens e ingressos pra assistir o Mundial.

“Pretendo ir a todos os jogos da primeira fase da Copa. Fui pra Copa das Confederações no ano passado, mas não consegui nenhuma foto ou autógrafo. Quero ver se consigo hoje”, disse o fanático toredor que trás a paixão pelo Seleção da Itália estampada na pele, em uma tatuagem na perna direita.


Amazonenses também vestirão Azul

O advogado Leonardo Aragão, de 27 anos, expôs a sua paixão pela Azzurra de uma maneira diferente. O torcedor confesso da Itália levou um cartaz com uma foto em tamanho real do ídolo Balotelli. “Sou fã da Itália. Já viajei pra lá duas vezes e vim aqui pra ver o Balotelli, que acho um grande jogador. Torço pelo Brasil também, mas a paixão e dividida entre os dois times”, concluiu.


Leonardo também confirmou presença na Arena da Amazônia para torcer pelos italianos. O mais interessante é que o advogado nos disse que irá ao estádio todo uniformizado com o uniforme da Itália, e a esposa dele, Monique Guerreiro, estará toda fantasiada como guarda de honra da Rainha da Inglaterra. Nada mais inusitado para a partida entre ingleses e italianos.

Azzurra desde de criancinha

O amor pela Seleção da Itália começa bem cedo. Pelo menos é o que sente o pequeno Pedro Alonso, de apenas 10 anos, que estava na expectativa de ver a equipe italiana, com um album de figurinhas da Copa nas mãos. O desejo do garoto era ter o autógrafo do ídolo italiano Buffon. “Queria que ele autografasse meu álbum. Gosto dele porque ele é goleiro, como eu”, disse o pequeno torcedor.


A maioria dos torcedores, é claro, acredita numa vitória da Itália contra os ingleses no jogo de abertura da Copa em Manaus. Porém, todos foram unânimes em dizer que não será uma partida fácil. Quando pedimos para darem um palpite do resultado do confronto, o placar mais citado foi o 2 a 1 em favor da seleção Tetracampeã do Mundo. 


CONFIRA GALERIA DE IMAGENS AQUI