Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Entre dúvidas e incertezas, FAF descarta os COTs e marca finais do Amazonense para o Sesi

A Federação Amazonense de Futebol, por meio de sua diretora-técnica confirmou as duas decisões do "Barezão" deste ano no estádio do Clube do Trabalhador. Motivo teria sido a não conclusão das obras nos Centros Oficiais de Treinamento da Colina e Zamithão


Campo Oficial de Treinamento Carlos Zamith, no Coroado, em obras no mês de janeiro

Campo Oficial de Treinamento Carlos Zamith, no Coroado, ainda está em obras no mês (Divulgação)

Diferente do que foi anunciado nesta segunda-feira (12), o diretor-técnico da Federação Amazonense de Futebol (FAF), Ivan Guimarães, afirmou que desistiu de realizar as finais do Campeonato Amazonense deste ano nos Centros Oficiais de Treinamento da Copa (COTs) de Manaus. Segundo Guimarães, Nacional e Princesa do Solimões decidirão a competição no mesmo palco das finais do returno, no estádio Roberto Simonsen, o Sesi, na Zona Leste de Manaus, nos próximos dias 18, às 17h, e 24 de maio, às 15h.

A indecisão durou até a a tarde desta terça-ceira (13). De acordo com informações repassadas pela Unidade Gestora do Projeto da Copa Manaus (UGP-Copa), os estádios não teriam os laudos técnicos necessários para receber as partidas, assim como ainda passavam por obras, e por isso não poderiam ser liberados. A mudança se daria apenas se o Governo do Estado decidisse manter os jogos nestes locais.

Guimarães, então, optou por levar as duas etapadas da decisão para o Clube do Trabalhador. “Eu não posso ficar esperando pela liberação dos estádios. O primeiro jogo já é no domingo e temos de agilizar certas coisas. Estamos em cima da hora”, completou.

Ainda comentando sobre um possível pedido do Governo do Estado junto à UGP pela liberação do estádio Carlos Zamith para o segundo jogo das finais, Guimarães acha que a mudança de local do jogo - caso ocorra - não mudaria muita coisa.


Estádio Ismael Benigno, mais conhecido como "Colina"

"Os estádios ficam bem próximos um do outro, a logística seria diferente por se tratar de uma inauguração. Eu já enviei todos os ofícios necessários, se houver uma mudança de local, eu terei de refazer tudo novamente", disse Ivan. O diretor da FAF também foi enfático ao dizer que não é o presidente da entidade e que é responsável apenas pela organização da competição. 

Os COTs do Coroado (Estádio Municipal Carlos Zamith) e da Colina (Estádio Ismael Benigno) têm capacidade para 5 mil e 11 mil torcedores, respectivamente, e estavam cotados para serem inaugurados com os jogos das finais do Amazonense 2014, neste mês.

Também havia a remota possibilidade de se levar o segundo e decisivo jogo das finais para a Arena da Amazônia. Com o descarte dessas possibilidades, ainda não se sabe se haverá jogos inaugurais nesses locais antes da Copa do Mundo.

A liberação dos COTs para partidas está sendo providenciada pelo Governo do Amazonas. Por meio de sua assessoria de imprensa, a Secretaria de Estado de Juventude e Lazer (Sejel) confirmou que, até o momento, não recebeu nenhum pedido. Vale ressaltar que ambos os estádios estão em fase final de obras e quase prontos para testes operacionais, mas para que isto ocorra existem ritos burocráticos a serem cumpridos previamente.