Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Dois dias após demitir Gareca, Palmeiras anuncia a contratação de Dorival Júnior

O treinador esteve no comando de Vasco e Fluminense, ambos rebaixados pra Série B em 2013. Com salário de R$ 200 mil por mês, novo comandante tentará livrar o Verdão do rebaixamento no ano do centenário


Diretoria do Palmeiras anunciou oficialmente a contratação de Dorival Júnior em substituição ao argentino Gareca.

Diretoria do Palmeiras anunciou oficialmente a contratação de Dorival Júnior em substituição ao argentino Gareca. (Reprodução/internet)

O Palmeiras já tem um novo comandante para o tão festejado ano do centenário do clube. Dorival Júnior fechou acordo com a diretoria do clube paulista na manhã desta quarta-feira (3) e fica até 2015. O maior desafio do substituto do argentino Ricardo Gareca – demitido na segunda-feira (1º) – é lutar para manter o time na elite do futebol brasileiro - o Alviverde está na 16ª posição na tabela, uma posição fora da zona de rebaixamento.

Dorival Júnior estava desempregado desde dezembro, quando foi demitido após a queda do Fluminense para a segunda divisão nacional. Posteriormente, o clube das Laranjeiras foi “salvo” por conta de uma irregularidade envolvendo a escalação de jogador da Portuguesa. Antes disso, o técnico estava treinando o Vasco da Gama, que também foi rebaixado, porém o Cruzmaltino não teve a mesma sorte e segue disputando a Série B.

Aos 52 anos, o "professor" chega em substituição ao argentino Gareca, que não resistiu aos péssimos resultados e acabou sendo despedido no início desta semana. Com contrato de permanência no clube até junho de 2015 e salário de R$ 200 mil mensais, Dorival por pouco não fechou o acordo. A diretoria do Palmeiras pretendia que o negociar a vinda do treinador apenas até o fim do ano.


Conhecido como Júnior nos tempos em que atuava como volante, o ex-jogador atuou pelo Palestra (como é conhecido o Palmeiras) entre os anos de 1989 e 1992. Dorival nunca escondeu a vontade de um dia comandar o Verdão, já que é sobrinho de um dos maiores ídolos do clube, o Dudu, que também foi volante do Palmeiras nos anos 60 e 70.

Dorival deve viajar com a delegação do Palmeiras ainda nesta quarta-feira para Belo Horizonte, onde o Alviverde enfrentará o Atlético-MG pelo jogo de volta da Copa do Brasil, no Estádio Independência. Para continuar na competição, o clube paulista terá de vencer por uma diferença de dois gols, já que perdeu o duelo de ida, no Pacaembu, por 1 a 0.