Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Governador confirma 13 mil ingressos à venda para jogo de inauguração da Arena local

À frente de reunião no próprio estádio multiuso, palco de quatro jogos da Copa do Mundo da Fifa, Omar Aziz garantiu entradas para a partida entre Nacional e Remo a R$ 50 e R$ 100, além dos operários convidados para o evento

Governador discutiu detalhes do jogo inaugural com o presidente da Federação Amazonense de Futebol, Dissica Valério Tomaz, e representantes SSP, UGP Copa e Prefeitura

Governador discutiu detalhes do jogo inaugural com o presidente da Federação Amazonense de Futebol, Dissica Valério Tomaz, e representantes SSP, UGP Copa e Prefeitura (Divulgação/Agecom/Roberto Carlos)

O governador Omar Aziz informou, nesta quarta-feira (26), que o jogo de inauguração da Arena da Amazônia Vivaldo Lima, marcado para o próximo dia 9 de março, entre Nacional (AM) e Remo (PA), válido pela Copa Verde, terá 13 mil ingressos à venda. A partida, que será o primeiro evento-teste em Manaus para a Copa do Mundo de 2014, terá público total de 20 mil pessoas. Os outros 7 mil bilhetes serão destinados aos operários que trabalharam na obra do estádio e seus familiares. Os ingressos custarão R$ 100 na área VIP e R$ 50 nos demais assentos.

“É mais do que justo que quem construiu seja o primeiro a assistir a um jogo na Arena”, defendeu o Governador, ao ressaltar que cada operário terá direito de levar um acompanhante. Parte da renda, ou seja, 3 mil dos 13 mil ingressos que serão colocados à venda, será revertida para instituições filantrópicas conveniadas com o Fundo de Promoção Social (FPS), que tem a primeira-dama do Estado, Nejmi Aziz, como presidente de honra.

No total, serão arrecadados R$ 246 mil, que vão ser divididos entre as instituições. A doação, segundo o próprio Omar, foi um pedido direto de Nejmi. Os 10 mil ingressos restantes irão para os dois clubes que jogarão a partida de volta das quartas-de-finais da Copa Verde, sendo que desses, 20% serão destinados para pessoas com direito a meia-entrada, como estudantes e idosos.


Durante reunião no final da manhã desta quarta-feira, na Arena da Amazônia, em que esteve também presente o vice-governador do Estado, José Melo, Omar Aziz discutiu os detalhes para a realização do jogo inaugural com o presidente da Federação Amazonense de Futebol (FAF), Dissica Valério Tomaz, representantes dos órgãos do sistema de Segurança Pública do Estado, Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP-Copa), Prefeitura de Manaus e Andrade Gutierrez, além do representante do Nacional.

Segurança especial

O Governador fez questão de salientar que, no dia do evento, um forte esquema de segurança será montado dentro e fora do estádio multiuso para garantir a segurança dos frequentadores. Ele também explicou que, para impedir a atuação de cambistas na venda de ingressos, policiais à paisana estarão espalhados no entorno da Arena. Outra medida adotada será a limitação da compra de dois ingressos por pessoa.

De acordo com o governador, como se trata do primeiro evento-teste da Arena da Amazônia, apenas o anel inferior será ocupado, além dos camarotes que, apesar de ainda não estarem mobiliados, serão disponibilizados para a imprensa. “Os testes são para que se possa aperfeiçoar o que não está funcionando perfeitamente”, observou.

Nos próximos dias, a Andrade Gutierrez - empresa responsável pela obra - vai trabalhar na sinalização dos acessos. Cerca de 300 voluntários da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) vão orientar os torcedores durante o primeiro jogo e também atuarão nos serviços diversos. Esses voluntários passarão por treinamento na próxima semana.

Mais jogos-testes

O Governador pediu, ainda, a compreensão dos torcedores e disse que outros jogos-testes irão acontecer antes que o estádio seja entregue para  a FIFA, no dia 20 de maio. “Aqueles que não conseguirem ingressos agora terão outras oportunidades. Eu espero que a gente possa contar com apoio da população”, disse, ao reforçar que pretende abrir o estádio para visitação após o primeiro jogo.

*Com informações da Agecom