Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

‘Hermanos’ batem a Nigéria com mais dois gols de Messi

A Argentina termina a primeira fase da Copa com 100% de aproveitamento. Assim como a Holanda e Colômbia, a equipe comandada por Alejandro Sabella venceu os três jogos que disputou e agora pega a Seleção da Suíça

Messi deu show mais uma vez e já é artilheiro da Copa ao lado de Neymar.

Messi deu show mais uma vez e já é artilheiro da Copa ao lado de Neymar. (Reprodução/internet)

Com mais um show do astro argentino Lionel Messi, a Argentina sofreu para vencer a Seleção da Nigéria, na tarde desta quarta-feira (25), no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. A casa do Internacional gaúcho parecia mais o lar do arquirrival, o Grêmio, por conta das cores azul e branca. Foi uma verdadeira invasão argentina na capital do Rio Grande do Sul.

Os Hermanos pareciam que iriam passear no gramado do novo Beira-Rio. Quando logo aos dois minutos de jogo os argentinos abriram o placar numa sobra de bola que achou Messi. Porém, os nigerianos não queriam saber disso e empataram em seguida, Musa, cessou o grito da grande maioria dos torcedores no estádio.

Mas quem tem Messi, não tem porque temer. O craque do Barcelona cobrando falta recolocou a Argentina na ponta do placar. Foi o quarto gol do camisa 10 da “Albiceleste”, se igualando ao seu companheiro de clube, o brasileiro Neymar. Na volta do intervalo, nem deu tempo da enlouquecida torcida argentina voltar ao jogo e Musa, novamente, empatou o jogo.

Porém, em cobrança de escanteio, apenas cinco minutos depois do empate, Rojo, de joelho empurrou pras redes do goleiro Enyeama, selando o placar do jogo. Messi saiu ovacionado, aos 21 minutos de jogo, poupado para as oitavas de final da Copa. O jogo seguiu emocionante, com Lavezzi e Higuaín perdendo boas chances do lado argentino.

Pelo lado da Nigéria, Musa e Emenike também deram muito trabalho ao goleiro Romero, mas ficou nisso. Mesmo com a derrota, os nigerianos se classificaram as oitavas do torneio, já que o Irã foi derrotado pela Bósnia em Salvador.

Na sequência do Mundial, a Argentina enfrenta a Suíça, dia 1º de julho, em São Paulo. Enquanto a Nigéria pega a Seleção da França, dia 30 de junho, no Mané Garrincha, em Brasília.