Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Sem ingressos, chilenos invadem o Maracanã momentos antes do jogo entre Chile e Espanha, no RJ

Torcedores do Chile invadiram o estádio e destruiram o Centro de Mídia reservado à impresa. Os invasores não tinham ingresso e resolveram penetrar no campo para assistir o confronto contra a Espanha

Stewards retiram torcedores chilenos a força do centro de mídia

Stewards retiram torcedores chilenos a força do centro de mídia (Bruno Kelly)

Cerca de 300 torcedores chilenos invadiram o estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pelo setor usado pela imprensa para a cobertura dos jogos no estádio. A confusão foi muito grande e pegou os profissionais de surpresa. Muitos não tiveram tempo de pegar seus materiais de trabalho, que acabaram sendo destruídos.

O Centro de Mídias teve a porta de acesso, que é de vidro, quebrada, assim como uma parede provisória também foi ao chão pela ação dos invasores. A Polícia Militar (PM), juntamente com alguns stewards (responsáveis pela segurança interna do estádio) ajudaram a conter os torcedores. Porém, ao menos 25 pessoas conseguiram entar no gramado e alcançar as arquibacadas.


Aproximadamente 100 invasores estão detidos, ainda no setor de imprensa. Aos gritos de "CHI CHI CHI - LÊ  LÊ LÊ, Viva Chile!", os chilenos estão sendo retirados aos poucos pela PM. A tensão ainda é grande no local.

*Com informações dos repórteres Felipe de Paula e Bruno Kelly

Mais informações em instantes