Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Jogadora da Seleção goleada pela Alemanha cobra apoio e desabafa: ‘o masculino ganha milhões’

Um dia após a eliminação das meninas do Brasil no Mundial sub-20 da categoria, Carol Baiana, a autora do gol solitário do time brasileiro, reclamou do descaso com o futebol feminino no País


A jogadora da Seleção Brasileira Carol Baiana cobrou apoio ao futebol feminino.

A jogadora da Seleção Brasileira Carol Baiana cobrou apoio ao futebol feminino. (Reprodução/internet)

“Nós somos GUERREIRAS”. Foi com essa frase que a atacante da seleção feminina sub-20 do Brasil, goleada por 5 a 1 pelas alemãs, nesta terça-feira (12), em Montreal. A jogadora externou toda a sua decepção com as críticas pela derrota, por meio das redes sociais na manhã desta quarta-feira (13), e citou que enquanto a equipe masculina canarinho ganha milhões, as mulheres querem apenas a transmissão das partidas e o prestígio de seus familiares.

As meninas da Seleção caíram no chamado “grupo da morte” do torneio da Fifa, ao lado de Estados Unidos, China e Alemanha, no Grupo B. Com a derrota frente às norte-americanas e um empate diante da equipe chinesa, o time do Brasil entrou em campo tendo de vencer as germânicas por dois gols de diferença. No texto a atleta cita o que pode ter sido o fator decisivo na goleada.

“Ontem tínhamos uma missão difícil, quem só olhou o placar do jogo não tem propriedade nenhuma pra dar pitaco. Nós ganhamos o primeiro tempo por 1x0 e precisávamos de mais gol, esta ai o simples motivo do placar. Fomos pro tudo ou nada e elas aproveitaram a abertura até pq estamos falando de uma Alemanha”, lamentou.

Carol Baiana não quis se aprofundar nos comentários, mas cobrou a falta de apoio ao futebol feminino brasileiro. “Não vou tocar naquele velho assunto de falta de apoio só pra não ser repetitiva, ou pelo simples fato de todo mundo saber. Mas vale a pena ressaltar o que todas nós fazemos para vestir essa camisa, pra "viver" com nosso talento”, reclamou.


A imprensa esportiva nacional comparou a derrota das meninas do Sub-20 do Brasil, ao vexame sofrido pela seleção principal na Copa. Quando o time de Felipão foi goleado por 7 a 1 frente à Alemanha, na semifinal do Mundial. Fato que deixou a jogadora indignada.

“Enquanto o masculino ganha milhões, perdendo ou ganhando. Nós só queremos a transmissão do jogo por alguma tv para q familiares e amigos possam nos prestigiar. Por que esses sim merecem nosso MUITO OBRIGADO! Aos críticos fica o meu silêncio para q suas palavras inúteis nem façam eco e passem desapercebidas. Só perde quem joga, assistir na tv sentado no sofá comendo pipoca é uma beleza !”, desabafou.

A atacante da seleção, que é pernambucana e hoje estuda nos Estados Unidos e defende uma equipe local, finalizou sua postagem agradecendo as companheiras de equipe e afirmando que para serem reconhecidas, terão de vencer milagrosamente seus adversários.

“Para não me estender, só quero deixar meus agradecimentos a esse grupo maravilhoso, que estava no grupo da morte e nem por isso fez feio. Jogamos com honra e dignidade. Vou sentir falta de cada um. Vida que segue! Enquanto em países desenvolvidos dão apoio para obterem resultados, nós permanecemos na incansável missão de ter que ganhar milagrosamente algo para sermos notadas. Obrigada família sub20. Estamos juntos!"

A seleção feminina sub-20 do Brasil foi eliminada do torneio da Fifa, com duas derrotas e um empate, conseguindo apenas um ponto na competição.