Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Jogo na Arena da Amazônia contará com operação especial pelo entorno nesta quarta (9)

A partida entre Nacional e São Luís (RS), válido pela Copa do Brasil, será a primeira a ocorrer no estádio multiuso sem intervenções no trânsito

O trânsito nas proximidades da Arena da Amazônia ficou complicado

Apesar do jogo ter apenas 10 mil ingressos à venda, SSP não aconselha transitar pela área durante o início e término do evento (Érica Melo)

Pelo menos mil servidores do Sistema de Segurança Pública e órgãos do Governo do Estado e Município irão atuar durante o jogo entre Nacional e São Luiz-RS, pela primeira fase da Copa do Brasil, que irá acontecer nesta quarta-feira, dia 9 de abril, na Arena da Amazônia, zona centro-oeste de Manaus.

Mesmo sem interdições de vias, a orientação é para os condutores evitarem a avenida Constantino Nery nas proximidades do horário do jogo, previsto para 20h30. As definições para a operação foram discutidas na tarde desta terça-feira, dia 8, na Vila Olímpica de Manaus, pelos representantes dos órgãos de Segurança Pública: Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Detran, e  secretarias-adjuntas de Inteligência e de Grandes Eventos, além de órgãos estaduais e municipais, como o Manaustrans, que tem grande responsabilidade no plano de trânsito e mobilidade urbana.

De acordo com o coordenador-operacional da Secretaria Executiva de Grandes Eventos, tenente-coronel Oliveira Filho, a organização do evento colocou a disposição 10 mil ingressos. Ele destaca que mesmo não sendo considerado um evento teste organizado pelo COL/FIFA, o padrão de segurança no perímetro interno será o de grande evento, conforme o marco legal que regula o subsistema de Segurança Pública para grandes eventos. “Por isso, existe a preocupação com a segurança dentro e fora da Arena, considerando os impactos no trânsito e a grande concentração de pessoas", informou Oliveira.

Conforme decisão dos órgãos, os torcedores não poderão entrar na Arena da Amazônia portando instrumentos musicais e hastes de bandeiras e demais objetos proibidos conforme prevê o Estatuto do Torcedor, a Lei da Copa, Portaria conjunta 011\2014 e Código de Conduta da FIFA.

Oliveira Filho informa que, pela primeira vez, será utilizado um perímetro reduzido sem interdição de trânsito, mas a operação dos órgãos para garantir o acesso à Arena da Amazônia será a partir das 16h. Durante a reunião, o Manaustrans informou que os agentes de trânsito estarão nos principais cruzamentos orientando os motoristas. O órgão destaca que os torcedores não poderão estacionar nas proximidades das avenidas Djalma Batista, Constantino Nery, Pedro e Lóris Cordovil.

O secretário-executivo de Grandes Eventos, coronel Dan Câmara, informa que o jogo será um exercício com foco no modelo de operação da Arena da Amazônia. "Servirá para maturar o modelo integrado aplicável aos perímetros internos e externos de Segurança da Arena", afirmou.

O secretário destacou ainda que a atuação das Forças de Segurança no jogo teste da FIFA, na última quinta-feira, dia 3, foi considerada satisfatória pelo secretário Nacional de Grandes Eventos e do ministro da Justiça. "Essa resposta no impulsiona a dar continuidade à estratégia que estamos utilizando no direcionamento para planejamento, testes e execuções de ações integradas por todos os órgãos", disse.

*Com informações da Semcom