Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

José Aldo rumo ao ‘hexa’ na noite deste sábado (1º)

Ainda mais explosivo, o amazonense defende, pela sexta vez, o cinturão dos pesos penas do UFC, conta Ricardo Lamas

A todo gás: Aldo encara adversário Ricardo Lamas

A todo gás: Aldo encara adversário Ricardo Lamas (Alexandre Loureiro/Inovafoto)

Mais explosivo e confiante na vitória, o agora entusiasta do futebol americano, José Aldo, 26, entra em cena, na edição 169 do UFC, contra Ricardo Lamas, 31, com a simples missão de manter o título dos penas (entre 61 e 66 quilos) pela sexta vez.

As lutas preliminares começam às 19h30 (de Manaus), mas como o amazonense fará a luta co-principal do evento, entra no octógono já na madrugada de domingo (2).

Aldo não deve encontrar dificuldades para se manter no topo da categoria. Treinou detalhadamente seus pontos fortes, estudou à exaustão os pontos fracos de Lamas, trabalhou velocidade e explosão e ainda contou com a ajuda de estrelas no mundo da luta, a exemplo do havaiano BJ Penn e do ex-campeão de boxe e atual deputado federal pela Bahia, Acelino Popó Freitas. “Vou lá para fazer meu trabalho e vencer a luta”, disse o campeão.

Caso se saia vitorioso do duelo contra o norte-americano, Aldo enfileira os cinco tops dos penas e consolida números significativos: oito anos sem saber o que é derrota.

De quebra, o pupilo de André Pederneiras tem a promessa do chefão da organização, Dana White, de fazer uma super-luta contra Anthony Pettis, campeão dos pesos leves (entre 66 e 71 quilos), num peso combinado. “Estou com uma energia muito positiva, bem treinado para es sa luta (contra o Lamas). Se acabar antes dos cinco rounds, será melhor ainda, mas se tiver que fazer os cinco rounds, vou fazê-los da melhor forma”, afirmou o amazonense, que até ontem estava brigando com a balança para perder 400 gramas e bater o teto dos penas (66 quilos).

Lamas está há mais de um ano sem lutar, deve sentir a falta de ritmo, e ainda carrega a má fama de ter “queixo de vidro”, pois foi nocauteado duas vezes. Ainda assim, o lutador de cabelo estilo moicano mostra confiança e lança mão do tom de provocação sobre a luta. “Todo reinado tem o seu fim, todo campeão uma hora cai. Isso vai acontecer cedo ou tarde, e eu quero ser o cara que fará isso. Essa é uma grande oportunidade. Todos vão saber quem eu sou depois desta luta”.

Barão na luta principal
Além de José Aldo, outros três brasileiros recheiam o card de lutas do UFC 169. Na batalha principal, Renan Barão enfrent novamente Urijah Faber, defendendo o cinturão - agora de fato e de direito - da categoria galo (de 56 até 61 quilos) e uma invencibilidade que já passa de oito anos.

Ainda pelos galos, o brasileiro John Lineker luta contra Ali Bagautinov. Entre os leves, Alan Nuguette Patrick, que teve passagem por Manaus, onde aperfeiçou sua técnica com o sensei Henrique Machado, luta contra John Makdessi.

Carrasco brasileiro X Overeem
O UFC 169 terá ainda um combate empolgante entre pesos pesados (até 120 quilos). De um lado, Frank Mir, o carrasco do brasileiro Rodrigo Minotauro, vai testar seu jiu-jitsu contra o brutamontes Alistair Overeem, que já foi suspenso do Ultimate por ser flagrado com níveis de testosterona 14 vezes acima do permitido pela organização.

Mais magro e se dizendo com níveis normais do hormônio, o gigante holandês vai tentar se recompor no UFC, porque vem de duas derrotas consecutivas por nocaute, uma para o brasileiro Antônio Pezão e outra para a sensação da categoria Travis Browne.

Mas testosterona não é uma exclusividade de Overeem. O próprio Frank vai lutar com a permissão para o Terapia de Reposição de Testosterona (TRT) debaixo do braço. O lutador solicitou autorização e teve aval do Conselho de Controle Atlético de Nova Jersey, onde a edição 169 do UFC vai acontecer, para o uso terapêutico do hormônio.

Confira agora as lutas do UFC deste sábado:

Lutas principais - a partir de 23h (em Manaus)

Abel Trujillo X Jamie Varner

Ali Bagautinov X John Lineker

Frank Mir X Alistair Overeem

José Aldo X Ricardo Lamas (título dos penas)

Renan Barão X Urijah Faber (título dos galos)

Lutas preliminares - a partir das 19h30 (em Manaus)

Neil Magny X Gasan Umalatov

Rashid Magomedov X Tony Martin

Andy Enz X Clint Hester

Al Iaquinta X Kevin Lee

Nick Catone X Tom Watson

Chris Cariaso X Kyoji Horiguchi

John Makdessi X Alan “Nuguette” Patrick