Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Cuidados com o corpo: a importância do profissional

Professor de Educação Física ressalta a necessidade dos especialistas no segmento

Waldemar esteve em Manaus para palestra

Waldemar esteve em Manaus para palestra (Divulgação)

Considerado um dos mais renomados professores de Educação Física do Brasil, e conhecido mundialmente, Waldemar Oliveira - que ministrou um workshop sobre musculação, ontem, no Teatro Manauara - bateu um papo com o CRAQUE e falou entre outras coisas, da importância de ter o acompanhamento de um profissional sério durante a atividade física e da boa alimentação na busca por bons resultados.

Waldemar Oliveira também comentou a frase “Não acredito em nutricionista obesa, nem em treinador físico com 20 centímetros de braço e uma boia na cintura”, dita por ele e usada na divulgação do seu workshop.

“É simples! Eu não vou a um dentista que tem os dentes podres. Para a atividade física é a mesma coisa. Para “vender” o seu trabalho você terá que mostrar o seu corpo e ele deve estar apresentável. Isso vale principalmente para os jovens, que ainda estão iniciando esse trabalho”, comentou Oliveira.

Professor de educação física há mais de 20 anos, ele também falou sobre o uso adequado dos suplementos e da importância de contar com um bom nutricionista.

“É importante manter sempre uma alimentação saudável. Comer alimentos cozidos é muito bom para quem treina. Na verdade, o ideal é fazer de cinco a sete refeições por dia. Mas precisamos entender que nos dias atuais é complicado por conta do tempo”, comentou.

“Por isso, os suplementos são uma boa opção. Mas o nome já diz tudo “suplemento”, não dá para substituir as principais refeições por shakes, o ideal é usar os suplementos após os treinos e seguir sempre as instruções de um nutricionista”, completou o professor, ao CRAQUE.

Em relação ao possível preconceito que as pessoas musculosas sofrem, e também sobre o uso frequente de anabolizantes, o especialista foi curto e grosso: “Eu não falo sobre preconceito. Tenho o mesmo pensamento do ator Morgan Freeman, que durante uma entrevista declarou que não fala sobre racismo. Sobre anabolizantes, eu já disse, a melhor opção são os alimentos cozidos”.

Respeito e retorno aos instintos

Waldemar Oliveira tem um site - waldemarguimaraes.com.br - onde dá várias informações a quem já treina ou quer começar a treinar. Ele também publica artigos, fotos e vídeos das palestras que ministra no Brasil e em outros países. No workshop em Manaus, ontem, ele falou sobre a metodologia que passa para os professores que buscam a sua ajuda. “Hoje em dia trabalho mais com palestras e também “online” passando instruções para professores de Educação Física de todo o Brasil. O único atleta que ainda treino é o (lutador) Macarrão”, comentou.

A musculação é uma importante forma de atividade física praticada por muitas pessoas mundo afora. “Meu método é muito simples e ao mesmo tempo intensivo. Meu lema é: respeito a individualidade biológica e retorno aos instintos primitivos”, pontuou Oliveira, que também falou sobre os benefícios atingidos através da musculação adequada: “Os benefícios são diversos. Quem pratica musculação consegue melhorar a força e a resistência. Além claro de melhorar o condicionamento físico”.

Currículo Experiente

O professor Waldemar Oliveira é de São Paulo, mas mora em Santa Catarina. Ele já treinou grandes atletas, como o lutador do UFC Wanderley Silva, atualmente cuida apenas da preparação de Leonardo Mafra, o Macarrão - atleta de MMA.