Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Torcida do Fluminense atira moedas e chama jogadores de “Mercenários” na volta ao Rio

Depois de três derrotas seguidas, torcedores do clube das Laranjeiras perdem a paciência com o time. Revés contra a Chapecoense fez a equipe sair do G-4 do Brasileirão

Fluminense não vence a quatro jogos e a torcida perdeu a paciência com Fred e o restante do time.

Fluminense não vence a quatro jogos e a torcida perdeu a paciência com Fred e o restante do time. (Reprodução/internet)

Clima tenso no desembarque do elenco do Fluminense na tarde desta quinta-feira (21), no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Cerca de 20 torcedores recepcionaram o time aos gritos de “Mercenários” e atirando moedas nos jogadores. Os atacantes Fred e Walter foram xingados, e o carro do lateral Bruno teve o retrovisor quebrado durante a confusão.

Com medo que a situação fugisse do controle, a delegação do clube carioca resolveu fugir por uma saída alternativa do aeroporto. Evitando sair pelo saguão principal do local, em direção ao ônibus do clube. As entrevistas que estavam previstas para ocorrer no desembarque foram todas canceladas. Comissão técnica e atletas não deram uma palavra com a imprensa que esperava desde cedo.

 Os jogadores que resolveram usar seus próprios veículos para deixarem o Santos Dumont tiveram que enfrentar a fúria dos tricolores. Um dos principais alvos da ira da torcida, o goleiro Diego Cavalieri teve seu carro cercado e só saiu depois da intervenção da segurança do Fluminense. O carro do lateral-direito Bruno teve o retrovisor destruído e também passou sufoco durante o desembarque.

O Fluminense não vence uma partida a quatro jogos, incluindo o vexame da eliminação para o América-RN, em pleno Maracanã pelo placar de 5 a 2, pela Copa do Brasil. No fim de semana havia perdido o clássico contra o Botafogo, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. E nesta quarta-feira (20) o algoz do Tricolor das Laranjeiras (apelido do time) foi a Chapecoense, na arena Condá, em Chapecó.

Com a derrota no sul, o Flu saiu do G-4 caindo para a quinta posição e permanecendo com os 26 pontos ganhos nos 16 jogos disputados. No domingo o Tricolor enfrenta o sexto colocado na tabela, o Sport, no Maracanã numa briga direta pra continuar na briga por uma vaga na Libertadores do ano que vêm. Uma nova derrota pode agravar ainda mais a crise que se instalou pelos lados das Laranjeiras.