Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Embaixador da Inglaterra erra pênalti na Arena da Amazônia

O Embaixador lançou a brazuca bem no meio do gol, mas o secretário Fabrício Lima – que chegou a jogar no Vivaldo Lima quando era jogador do América – defendeu com o pé

Na ocasião, o diplomata aproveitou para “testar” o gramado do estádio e cobrou um pênalti, que foi defendido pelo secretário municipal  de Juventude, Esporte e Lazer, Fabrício Lima

O inglês, insistiu, mas mesmo no rebote não conseguiu marcar o “primeiro gol” da Arena (J. Renato Queiroz)

Nesta quarta-feira, dia 22, o Embaixador do Reino Unido no Brasil, Alex Ellis, visitou a Arena da Amazônia – Vivaldo Lima, onde a seleção da Inglaterra fará o seu primeiro jogo da Copa do Mundo, no dia 14 de junho. Na ocasião, o diplomata aproveitou para “testar” o gramado do estádio e cobrou um pênalti, que foi defendido pelo secretário municipal  de Juventude, Esporte e Lazer, Fabrício Lima.

O Embaixador lançou a brazuca bem no meio do gol, mas o secretário Fabrício Lima – que chegou a jogar no Vivaldo Lima quando era jogador do América – defendeu com o pé. O inglês, insistiu, mas mesmo no rebote não conseguiu marcar o “primeiro gol” da Arena.

“Eu já joguei futebol, hoje em dia pratico outros esportes. Mas posso dizer que defendi bem e posso dizer que fui a primeira pessoa a defender um pênalti na Arena da Amazônia”, disse o secretário em tom de descontração.

Inauguração da Arena

O governador do Amazonas, Omar Aziz, e o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, também acompanharam a visita do Embaixador ao estádio da Capital Amazonense e falaram sobre a nova data de inauguração do local.

“Queremos  inaugurar a Arena da Amazônia mês de fevereiro, não posso falar em datas ainda, pois não vou ser irresponsável a tal ponto”, declarou o governador.

Sobre a declaração do técnico da Inglaterra, Roy Hodgson que disse que Manaus era uma sede a ser evitada no Mundial. O prefeito amenizou.

“Foi tudo um mal entendido. A Inglaterra, assim como todas as outras seleções que jogarão em Manaus, será muito bem recebida”, pontuou o prefeito.