Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Humor na Copa é com o CRAQUE

Primeiras das várias séries do CRAQUE na Copa trará histórias dos Mundiais com arte e bom humor

A “Copa do Riso” vai contar a participação do leitor, que pode enviar histórias, sugestões e críticas

A “Copa do Riso” vai contar a participação do leitor, que pode enviar histórias, sugestões e críticas (Arte: Romahs)

No ritmo da Copa do Mundo, o CRAQUE contará a história dos Mundiais, todos os dias a partir de amanhã, na primeira das diversas série que o caderno deve lançar sobre o maior evento esportivo do mundo. A “Copa do Riso” terá ainda a participação do leitor, que pode enviar histórias, sugestões e críticas para o e-mail romahs@acritica.com.br.

Produzido pelo cartunista ilustrador de A CRÍTICA, Rogério Mascarenhas, o material, como o nome sugere, levará o bom humor “a sério”. “A idéia inicial é fazer algo para descontrair o leitor”, disse Rogério.

Romahs - como é conhecido - contou ainda que o grande diferencial do material será o enfoque nos detalhes. “Iremos lembrar os momentos históricos de uma maneira mais divertida. Tenho certeza que vamos fazer muita gente lembrar de coisas que são inesquecíveis”, informou o cartunista responsável pelas artes publicadas no caderno CRAQUE desde a fundação do mesmo, em 2008.

Para não estragar a surpresa, Romahs adiantou apenas um pitada do que deve constar na edição inaugural da série. “Vamos puxar pelo gol do lateral-esquerdo Branco, nas quartas-de-final contra a Holanda na Copa do Mundo dos Estados Unidos em 1994, em que ele cobra uma falta, manda um chutaço e o Romário desvia e a bola bate no cantinho da trave e entra. Mas não vou contar o resto”, declarou.

Para quebrar o gelo

O importante, segundo o cartunista, é tentar quebrar toda a seriedade que envolve o campeonato. “Normalmente em tempos de Copa, vemos pouco humor e sempre algo sério. A ideia é quebrar um pouco esse gelo. Acredito que vamos ter um diferencial, uma vez que será feita uma cobertura diferenciada durante o Mundial”.

Rogério disse ainda que o leitor também poderá criticar e mandar suas sugestões. “Quero pedir a participação do leitor com sugestões e críticas. Acredito que se o material tiver essa parceria, ficará mais bem feito”, disse Rogério.