Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Ex-jogador campeão pelo Tufão agora vai salvar vidas

Carlos Alberto, o "Zé Rebite", se tornou oficialmente o mais novo membro do Corpo de Bombeiros do Amazonas

Zé Rebite, que é natural de Porto Velho, afirma que sempre se sentiu muito bem acolhido em Manaus e que poder salvar vidas é uma forma de retribuir todo o carinho

Zé Rebite, que é natural de Porto Velho, afirma que sempre se sentiu muito bem acolhido em Manaus e que poder salvar vidas é uma forma de retribuir todo o carinho (Evandro Seixas)

Campeão da Copa Norte e bicampeão Amazonense pelo São Raimundo (2005 e 2006), o ex-jogador Carlos Alberto, mas conhecido como Zé Rebite, está pronto para assumir uma nova posição e dessa vez fora dos gramados. Em 2008, ele trocou os campos de futebol pelas salas de aula, se formou em Logística, abriu uma distribuidora de bebidas e na última terça-feira, dia 22, se tornou oficialmente o mais novo membro do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas.

O ex-atacante do Tufão da Colina, que também foi campeão Estadual pelo Nacional (2007) e que encerrou a carreira no Princesa do Solimões, aos 33 anos, revela que sempre sonhou em trabalhar como bombeiro.


“Depois que pendurei as chuteiras decidi que queria exercer uma profissão que tivesse ligação com a atividade física. E a formação de Bombeiros tem tudo a ver com isso. Esse foi um dos motivos que me levou a fazer o concurso. Fui aprovado em 2009, mas só fui chamado este ano. E agora, depois de seis meses de preparação consegui me formar e realizar um grande sonho”, contou o ex-atleta.

Zé Rebite, que é natural de Porto Velho, afirma que sempre se sentiu muito bem acolhido em Manaus e que poder salvar vidas, agora como bombeiro, é uma forma de retribuir todo o carinho que recebeu desde o primeiro dia que pisou na capital amazonense.

“Essa cidade (Manaus) me acolheu de braços abertos e agora eu tenho a chance de retribuir todo esse carinho salvando vidas, como bombeiro”, disse.

Este ano, Zé Rebite teve a oportunidade de participar, no último dia 9, da inauguração da Arena da Amazônia Vivaldo Lima na sua atual atividade . E para ele, como ex-jogador, foi uma emoção enorme estar presente em um momento tão importante para o futebol amazonense.

“Foi uma emoção diferente. Dessa vez, ao invés de ficar com os olhos voltados para o campo, meu foco eram as arquibancadas, resguardar os torcedores essa era a minha missão”, concluiu.

Números

269 soldados bombeiros foram formados este ano. E além de Manaus, onde as equipes nos quartéis e nos grupamentos especializados serão reforçadas, a tropa vai permitir a implantação de quartéis no interior.