Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

A menos de um mês para a Copa em Manaus, saiba quais jogadores atuarão na Arena da Amazônia

As oito seleções que jogarão em Manaus já apresentaram suas listas de convocados pra Copa. Entre os craques estão o português e melhor do Mundo, Cristiano Ronaldo, o veterano camaronês Samuel Eto’o  e “matador” Wayne Rooney da Inglaterra.


Contratos no valor global de R$ 8,6 milhões financiam obras de acessibilidade e de sinalização em pontos turísticos como a Arena da Amazônia

A Copa do Mundo em Manaus começa quando a Arena da Amazônia recebe a clássica partida Inglaterra e Itália (Bruno Kelly)

A Copa do Mundo em Manaus tem início no dia 14 de junho deste ano com o jogo entre Inglaterra e Itália, e a expectativa da torcida que assistirá aos quatro jogos na Arena da Amazônia só aumenta a cada dia. Todas as seleções que jogarão na capital amazonense já apresentaram as listas de convocados para a competição e o que se espera é um desfile de craques pelo gramado local.

A seleção inglesa, campeã mundial na Copa de 1966, optou pela renovação do “English Team”, mas não dispensou a experiência de veteranos como Frank Lampard, do Chelsea, e Steven Gerrard, do Liverpool. A grande estrela do time do técnico Roy Hodgson, que está no Grup D da Copa, é o atacante Wayne Rooney, do Manchester United.

Os ingleses prometem fazer uma campanha bem melhor do que a da Copa do Mundo na África, quando empatou dois jogos e venceu apenas umna primeira fase. Logo em seguida, foram eliminados na oitavas de final pela seleção alemã, quando foram goleados por 4 a 1.

Já o técnico da seleção tetracampeã italiana, Cesare Prandelli, preferiu divulgar uma pré-lista com 30 jogadores que farão parte do elenco no Mundial, sendo que sete deles serão cortados e permanecerão apenas na lista de suplentes. Conhecida pelo futebol pragmático e de muita luta, a “Azurra” tem dois brasileiros entre os escolhidos: Thiago Motta, do Paris Saint Germain da França, e o novato Rômulo, que atua como meia do Verona.

Na lista ainda estão o goleiro Buffon - que poderá jogar sua quinta copa do mundo -, o polêmico atacante Balotelli e o experiente zagueiro Pirlo, que lutará para levantar a Taça de Campeão do Mundo da Fifa novamente, assim como fez na Alemanha em 2006. Na Copa da África os italianos sequer passaram da primeira fase, ficando em último lugar no seu grupo.

Croatas tem força, mas Camarões aposta em Eto'o

O treinador da seleção da Croácia, Niko Kovac, também optou por uma pré-convocação de 30 atletas para a Copa do Mundo no Brasil. Na lista estão dois “brasucas”: Eduardo Silva, do Shakhtar Donetsk, naturalizado desde 2006, é o segundo maior artilheiro da seleção croata, com 29 gols em 69 jogos; e o meia Sammir, que passou sete temporadas no futebol croata atuando pelo Dínamo Zagreb e que hoje joga pela equipe espanhola do Getafe.

O craque da equipe croata é o atacante Mandzukic, que joga no Bayer de Munique. Porém, o jogador não enfrentará a Seleção Brasileira porque cumprirá suspensão. Outro destaque é o meia Luka Modric, do Real Madrid: chamado de “Cruyff dos Bálcãs”, o meia é muito habilidoso e deve dar trabalho ao time de Felipão.


A melhor campanha dos croatas numa copa foi o terceiro lugar na Copa da França em 1998, quando bateram os alemãs por 3 a 0 e chegaram à semifinal do torneio, sendo derrotados pelos donos da casa. Na disputa da medalha de bronze, os croatas venceram a seleção holandesa.

O técnico alemão Volker Finck pré-convocou 28 jogadores para compor a Seleção de Camarões. A grande estrela dos “Leões Africanos” continua sendo o veterano Samuel Eto'o, do Chelsea. O atacante de 33 anos reforça a esperança de gols da torcida camaronesa.


Outro que merece destaque é o volante Alexandre Song, do Barcelona. O resto da equipe - a maioria dos atletas convocados, na verdade - atua em equipes medianas da Europa. A Seleção de Camarões está no grupo A e será adversário do Brasil na terceira e decisiva rodada, em Brasília. Na Copa da África, o representante daquele continente fez feio, sendo eliminado na primeira fase da competição após três derrotas.

O melhor do mundo contra os 'Filhos do Tio Sam'

Dirigida pelo alemão Jürgen Klinsmann, a seleção dos Estados Unidos também convocou 30 jogadores. No elenco está o que para os norte-americanos é o melhor jogador da história do País: Landon Donovan, atacante do LA Galaxy, que já tem três Mundiais no currículo. Outro destaque é o companheiro do goleiro Júlio César no Toronto FC, do Canadá, Michael Bradley.

Klinsmann também aposta na jovem promessa Julian Green, que atua na base do Bayern de Munique e é visto pelo técnico alemão como um futuro craque. Em 2010, na África, os norte-americanos chegaram até as oitavas de final quando foram eliminados pela Seleção de Gana.


Com o melhor jogador do mundo no elenco, o técnico da seleção portuguesa Paulo Bento divulgou uma lista de pré-convocados com 30 jogadores. Além do “gajo” Cristiano Ronaldo, está na lista o brasileiro naturalizado português Pepe, também do Real Madri. Fábio Coentrão, lateral da equipe madrilenha, também fará companhia aos dois.

Portugueses e norte-americanos farão a terceira partida da Arena da Amazônia na Copa do Mundo. Em 2010, os portugueses foram adversários do Brasil na primeira fase, quando a partida terminou sem gols, resultado que os ajudou a conseguir a segunda posição no grupo. Nas oitavas de final, a seleção de Cristiano Ronaldo foi eliminada pelos espanhóis que, posteriormente, se consagraram campeões.


A melhor colocação da história de Portugal nas copas foi o terceiro lugar na Copa da Inglaterra em 1966, quando Eusébio estava à frente do ataque lusitano.

O “ferrolho suíço” pega a desconhecida Honduras

A seleção de Honduras deve ser o famoso “saco de pancadas da Copa”. A seleção treinada pelo colombiano Luís Fernando Súarez tem como seu principal destaque um jogador que está sem clube. Trata-se de Jorge Carlos, que foi dispensado pelo Mortagua no mês de abril. Dos demais atletas, apenas nove atuam na Liga Nacional Hondurenha, sendo que os outros atuam na Europa.


O interessante é que, após de 27 anos longe das Copas, a Seleção de Honduras engata a segunda competição seguida e tem como adversário a mesma Seleção Suíça de 2010. Naquela edição, o jogo terminou empatado sem gols e Honduras acabou não passando da primeira fase.

Conhecido como o “ferrolho suíço”, o esquema de jogo do técnico Ottmar Hitzfeld, continua dando ênfase a defesa. Entre os destaques dos 30 atletas pré-convocados para a disputa do Mundial, estão o zagueiro Senderos, do Valência, o meia Behrami, que joga no Napoli, e a sensação da torcida espanhola do Real Sociedad, Seferovic.

O grande craque da equipe é Xherdan Shaqiri, meia do Bayern de Munique. Os suíços não trazem boas lembranças para a Seleção de Felipão, afinal a última derrota da Seleção Canarinho foi justamente para eles, em amistoso realizado em agosto de 2013.


Na Copa da África de 2010, os suíços foram eliminados ainda na fase inicial, porém, conseguiram derrotar a forte seleção espanhola.

Confira abaixo todos os craques que atuarão em Manaus durante a Copa:

Seleção da Inglaterra:

(Goleiros): Fraser Foster, Joe Hart, Ben Foster;  (Defensores): Leighton Baines, Phil Jagielka, Gary Cahill, Glen Johnson, Phil Jones, Chris Smalling, Luke Shaw; (Meio-campistas):  Ross Barkley, Steven Gerrard, Jordan Henderson, Adam Lallana, Frank Lampard, James Milner, Alex Oxlade-Chamberlain, Raheem Sterling e Jack Wilshere: (Atacantes): Rickie Lambert, Wayne Rooney, Daniel Welbek e Daniel Sturridge.

Seleção da Itália:

(Goleiros): Buffon, Perin e Sirigu; (Defendores): Abate , Barzagli , Bonucci, Chiellini, Darmian , De Sciglio, Maggio , Paletta , Pasqual, Ranocchia , Romulo; (Meio-campistas): Aquilani, Candreva, De Rossi, Marchisio, Montolivo, Parolo, Pirlo, Thiago Motta e Verratti; (Atacantes): Balotelli, Cassano, Cerci, Destro, Immobile, Insigne e Rossi.

Seleção da Croácia:

(Goleiros): Stipe Pletikosa, Danijel Subasic e Oliver Zelenika; (Defensores): Darijo Srna, Dejan Lovren, Vedran Corluka, Gordon Schildenfeld, Danijel Pranjic, Ivan Strinic, Domagoj Vida, Sime Vrsaljko e Igor Bubnjic; (Meio-campistas): Luka Modric, Ivan Rakitic, Niko Kranjcar, Ognjen Vukojevic, Ivan Perisic, Mateo Kovacic, Milan Badelj, Ivo Ilicevic, Marcelo Brozovic, Ivan Mocinic, Mario Pasalic e Sammir ; (Atacantes): Mario Mandzukic, Ivica Olic, Eduardo da Silva, Nikica Jelavic, Ante Rebic e Duje Cop.

Seleção de Camarões:

(Goleiros) Guy-Rolland Assembe, Loic Feudjou, Charles Itandje e Sammy Ndjock;  (Defensores) Benoit Assou-Ekotto, Henri Bedimo, Gaeten Bong, Aurelien Chedjou, Cedric Djeugoue, Jean-Armel Kana Biyik, Nicolas Nkoulou, Dany Nounkeu e Allan Nyom. (Meio-campistas): Enoh Eyong, Raoul Cedric Loe, Jean Makoun, Joel Matip, Stephane Mbia, Benjamin Moukandjo, Landry Nguemo, Edgar Salli e Alexandre Song; (Atacantes): Vincent Aboubakar, Eric-Maxim Choupo Moting, Samuel Eto'o, Mohamadou Idrissou, Fabrice Olinga e Achille Webo.

Seleção dos Estados Unidos:

(Goleiros): Brad Guzan, Tim Howard e Nick Rimando; (Defensores): DaMarcus Beasley, Matt Besler, John Brooks, Geoff Cameron, Timmy Chandler, Brad Evans, Omar Gonzalez, Clarence Goodson, Fabian Johnson, Michael Parkhurst e DeAndre Yedlin; (Meio-campistas): Kyle Beckerman, Alejandro Bedoya, Michael Bradley, Joe Corona, Brad Davis, Mix Diskerud, Maurice Edu, Julian Green, Jermaine Jones e Graham Zusi; (Atacantes): Jozy Altidore, Terrence Boyd, Clint Dempsey, Landon Donovan, Aron Johannsson e Chris Wondolowski.

Seleção de Portugal: 

Anthony Lopes, Beto, Eduardo e Rui Patrício; (Defensores): André Almeida ,Antunes, Bruno Alves, Fábio Coentrão, João Pereira, Neto, Pepe, Ricardo Costa e Rolando; (Meio-campistas): André Gomes, João Mário, João Moutinho, Miguel Veloso, Raul Meireles, Rúben Amorim e William Carvalho; (Atacantes): Cristiano Ronaldo, Éder, Hélder Postiga, Hugo Almeida, Ivan Cavaleiro, Nani, Rafa, Ricardo Quaresma, Varela e Vieirinha.

Seleção da Suíça:

(Goleiros): Diego Benaglio, Roman Bürki e Yann Sommer; (Defensores): Steve von Bergen, Johannes Djourou, Michael Lang, Stephan Lichsteiner, Ricardo Rodriguez, Fabian Schär, Philippe Senderos e Reto Ziegler. (Meios-campistas) Tranquillo Barnetta, Valon Behrami, Blerim Dzemaili, Gelson Fernandes, Gökhan Inler, Xherdan Shaqiri e Valentin Stocker; (Atacantes): Josip Drmic, Mario Gavranovic, Admir Mehmedi, Haris Seferovic e Granit Xhaqa;  (Suplentes): Marwin Hitz, Timm Klose, Silvan Widmer, Eren Derdiyok, Fabian Frei, Pajtim Kasami e Pirmin Schwegler.

Seleção de Honduras:

(Goleiros): Noel Valladares, Donis Escober e Luis López; (Defensores): Maynor Figueroa, Víctor Bernárdez, Osman Chávez, Juan Pablo Montes, Arnold Peralta, Bryan Beckeles, Emilio Izaguirre e Juan Carlos García; (Meio-campistas): Wilson Palacios, Roger Espinoza, Luis Garrido, Jorge Claros, Andy Najar, Boniek García, Mario Martínez e Marvin Chávez; (Atacantes): Carlo Costly,
Jerry Bengtson, Rony Martínez e Jerry Palacios.