Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Site afirma que Dunga fechou acordo com CBF e rumores sobre volta à Seleção aumentam

Para a CBF, o ex-técnico da campanha falha do Mundial de 2010 não "queimou" a imagem do gaúcho Dunga. Sites dão conta de que ele é o provável substituto de Luiz Felipe Scolari

O time de Dunga também foi alvo das críticas do ex-craque holandês na Copa de 2010.

O time de Dunga foi alvo das críticas após cair diante da Holanda na Copa do Mundo de 2010 (Reprodução/internet)

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) tenta apagar a vexatória campanha da Seleção Brasileira na Copa do Mundo 2014. Para isso, o nome que ganhou força desde o final da última sexta-feira (18) é a do ex-técnico Dunga. A confirmação acontece na próxima terça-feira (22), quando o nome do novo treinador será oficializado em uma coletiva de imprensa na sede da entidade máxima do futebol no Brasil, no Rio de Janeiro. Rumores dão conta, no entanto, que será um brasileiro a assumir o posto deixado por Felipão.

A informação sobre Dunga é tão forte que nomes outrora cogitados, como Tite e Muricy Ramalho, perderam força. O site da rádio paulista Jovem Pan cravou o acordo como certo, em reportagem publicada neste sábado (19). O portal afirma, inclusive, que o contrato entre as partes já está assinado.

O silêncio do capitão do tetra em 1994 acontece desde que Gilmar Rinaldi assumiu o cargo de coordenador de seleção da CBF. A agência de notícias Reuters também chegou a publicar na noite da última sexta-feira que uma fonte anônima da CBF dava o acerto como selado. "Dunga era o número um da lista e as coisas avançaram. Houve algumas reuniões importantes em São Paulo", diz a matéria.

Até quarta-feira (16), Dunga era o técnico que assumiria a seleção venezuelana de futebol por quatro anos, até o Mundial de 2018. Porém, informações de bastidores dão conta de que o treinador não retorna as ligações para os intermediários da negociação.

MOTIVOS

A reaproximação do treinador com a Seleção é pelo mesmo motivo da primeira vez. A cúpula da CBF vê no gaúcho o homem certo para garantir o foco dos jogadores. A entidade afirma também que Dunga “não saiu queimado” do cargo em 2010, após ser eliminado pela Holanda ao perder o jogo de virada para os europeus por 2 a 1 nas quartas-de-finais.

Entre 2006 até 2010, ele dirigiu a equipe canarinho, e em 60 partidas, conquistou 42 vitórias, 12 empates e seis derrotas. Com um aproveitamento de 76,7%, ele ainda conquistou a Copa América realizada na Venezuela em 2007 e a Copa das Confederações de 2009, na Africa do Sul.