Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Morte de Eduardo Campos adia jogo da Copa do Brasil

Por meio de seu site a Federação Pernambucana de Futebol divulgou que a partida entre Santa Cruz e Santa Rita será transferida para outra data. CBF, Náutico e Sport também soltaram nota de pesar pelo trágico falecimento do político


Políticos de vários partidos expressaram comoção pela morte de Eduardo Campos

Morte de Eduardo Campos adia partida entre Santa Cruz e Santa Rita pela Copa do Brasil. (Evandro Seixas)

O confronto entre Santa Cruz e Santa Rita, válido pela terceira fase da Copa do Brasil, que seria disputado nesta quarta-feira (13), às 18h30 (hora de Manaus), no estádio Arruda, no Recife, foi adiado em respeito pela morte do candidato à presidência e ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos. O político faleceu no início da manhã de hoje, em um acidente de avião, em Santos, São Paulo.

A informação foi confirmada pela Federação Pernambucana de Futebol, que também cancelou a rodada do campeonato local da categoria Sub-23. A partida entre as duas equipes seria o jogo da volta. No duelo de ida, a equipe alagoana do Santa Rita venceu o time tricolor do Recife por 3 a 2, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

Com a morte do ex-governador do estado, a Federação declarou luto de três dias e divulgou nota lamentando a morte do presidenciável. Eduardo Campos era torcedor do Náutico e as principais equipes de Pernambuco já externaram o pesar pelo seu falecimento. Em seu site oficial, o Sport declarou luto de três dias e o Náutico usou o twitter - inclusive trocando a cor vermelha pela negra, em sinal de luto - para lamentar a perda.


O Santa Cruz ainda não tinha atualizado sua página na internet e ainda trata o jogo, que foi adiado, como “decisão”. Porém, o presidente do clube, Antônio Luiz Neto, comentou o assunto. “Nós estamos decretando o luto de três dias por conta da morte de Eduardo, que era uma referência para Pernambuco e para o Brasil. Ele foi um cara que sempre nos ajudou e temos que prestar essa homenagem”, declarou.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também se pronunciou por meio de seu site oficial sobre a morte do candidato à presidência da república. “É uma grande perda para a política do nosso país. Faço questão de enviar uma mensagem de conforto à família e aos amigos” disse José Maria Marin, presidente da entidade.