Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Presidente Dilma diz que Copa no Brasil será inesquecível

Dilma Rousseff abriu a cerimônia de sorteio final das chaves da Copa do Mundo de 2014 dando boas vindas aos torcedores e reafirmando favoritismo da Seleção Brasileira de Futebol

Presidente Dilma Roussef, presidente da Fifa Joseph Blatter e apresentadores do evento da Fifa

Presidente Dilma Roussef e presidente da Fifa Joseph Blatter (Clovis Miranda)

A presidente Dilma Rousseff abriu nesta sexta-feira (6) a cerimônia de sorteio final das chaves da Copa do Mundo de 2014 pedindo um minuto de silêncio em homenagem ao ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, que morreu ontem, aos 95 anos. A África do Sul foi sede da última Copa do Mundo, em 2010.

Em seguida, a presidente disse que esta será uma competição inesquecível. “Tenho razão para ser torcedora otimista. Sejam bem-vindos ao Brasil. Nós, juntos, faremos uma grande Copa do Mundo, uma Copa para ninguém esquecer.”

A solenidade ocorre na Costa do Sauípe, na Bahia, e vai definir os confrontos e grupos da fase inicial do campeonato.

Segundo a presidenta, esta é a primeira vez em que estarão reunidas no campeonato mundial todas as seleções campeãs juntamente com equipes de cinco continentes. “O Brasil está feliz em receber todos nesta Copa, porque somos um povo alegre e acolhedor. Os visitantes terão oportunidade de conhecer o Brasil, país multicultural e empreendedor, terra de oportunidades”, disse.

Dilma se disse muito animada que esta será uma grande Copa. “Temos uma seleção forte, cheia de novos craques geniais, com técnico que é um campeão [Luiz Felipe Scolari] e como auxiliar outro vencedor [Carlos Alberto Parreira]”, afirmou.