Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

UFC 179: Dana White confirma revanche entre José Aldo e Chad Mendes no Brasil

A grande luta, segundo anúncio realizado no sábado pelo presidente do Ultimate, Dana White, será no dia 25 de outubro em uma cidade brasileira, ainda não definida

José Aldo não desviou o olhar de seu adversário após subir na balança

Aldo teve uma consulta com um médico e foi liberado a treinar normalmente (Reprodução Zuffa/LLC)

A revanche entre José Aldo e Chad Mendes acontecerá no Brasil, no UFC 179, no dia 25 de outubro - a cidade ainda não foi definida. A notícia foi anunciada pelo presidente do Ultimate, Dana White, na noite de sábado.

O site brasileiro do UFC havia anunciado nesta semana que teria uma disputa de cinturão no evento, mas não confirmou que era a disputa pelo cinturão dos pesos-penas, atualmente em mãos de Aldo. Questionado sobre isso na coletiva de imprensa pós-“UFC: Lawler x Brown”, White entregou.

“Esta é a luta. Provavelmente vou ser assassinado pelo telefone, o Brasil vai me matar. Mas é isso aí, esta é a luta”, disse White, que respondeu apenas algumas perguntas e saiu correndo da coletiva, em razão de compromissos pré-agendados.

A revanche entre Aldo e Mendes estava marcada originalmente para o evento principal do UFC 176, que aconteceria no próximo sábado, dia 2 de agosto, em Los Angeles. Todavia, o lutador brasileiro lesionou as costas durante os treinos há cerca de um mês e foi forçado a desistir do combate, o que em consequência acabou levando ao cancelamento do evento.

Nesta semana, Aldo teve uma consulta com um médico e foi liberado a treinar normalmente, mas ainda fazendo fisioterapia diária, segundo o seu treinador, Dedé Pederneiras.

Minotouro é derrotado

Uma sequência de cruzados e dois uppercut do americano Anthony Johnson foram o suficiente para derrubar o brasileiro Rogério Minotouro, em sua volta ao UFC, ainda no primeiro minuto do primeiro round no card principal, no sábado, em San Jose, na Califórnia.

Depois de inúmeras lesões, Minotouro voltou ao UFC depois de um ano e meio e era considerado azarão contra Johnson, quinto no ranking dos meio-pesados - o brasileiro sequer aparecia na lista. A queda de Minotouro, no entanto, acabou sendo mais rápida do que o esperado.

Antes da luta, o brasileiro de 38 anos afirmou que faria mais seis combates no UFC antes de se aposentar. Johnson, por sua vez, conquistou sua oitava vitória consecutiva nos últimos dois anos - sua última derrota foi diante de outro brasileiro, Vitor Belfort, em janeiro de 2012.