Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Léo Santos e Norman Parke se estranham durante pesagem do UFC Fight Night

Brasileiro não gostou das provocações do irlandês e devolveu as ‘gentilezas’; o único que não bateu o peso foi Ronny Markes, que acabou levando multa

Léo responde às provocações de Parke e o clima fica tenso na pesagem

Léo responde às provocações de Parke e o clima fica tenso na pesagem (Antônio Lima)

Em noite de empolgação da torcida em Natal (RN), os lutadores que irão se enfrentar neste domingo (23), no UFC Fight Night, fizeram a pesagem final para o combate.

Todos os seis brasileiros que formam o card principal do evento estavam dentro das medidas. Os responsáveis pela luta principal, o brasileiro Maurício “Shogun” Rua e o americano Dan Henderson, foram respeitosos, com Henderson exibindo um leve sorriso e Shogun mantendo a cara séria.

Ambos irão protagonizar uma revanche muito esperada pelos fãs do MMA, que esperam ver o brasileiro reverter a derrota sofrida pelo americano em 2011, quando este foi decretado vencedor nos pontos. Para incentivar os combatentes brasileiros, a torcida fez questão de vaiar todos os adversários de fora.


O fato que mais chamou a atenção foi a troca de provocações entre Léo Santos e o norte-irlandês Norman Parke, que causou tensão e teve de ser contida pelo matchmaker Sean Shelby.

Do card preliminar veio outra cena curiosa, a encarada entre Diego Brandão e Will Chope, por causa diferença de altura entre os dois. Chope, que é 23 cm mais alto que Brandão, tornou a cena ainda mais bizarra, por decidir encarar o brasileiro com as mãos juntas em frente ao rosto, como se estivesse numa oração.

Por fim, o norte-riograndense Ronny Markes foi o único lutador a não bater o peso, o que lhe valeu multa de 20% sobre a premiação do evento, que será revertida ao adversário Thiago Marreta.

* Com informações do repórter Antônio Barros Jr.