Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Nem pela metade do preço Seleção Brasileira consegue fechar amistoso com a Ucrânia

Presidente da Federação Ucraniana de Futebol afirmou que desistiu de promover partida contra o Brasil após o vexame na Copa do Mundo

Seleção Brasileira sofre sua maior derrota em 100 anos de história.

Depois do vexame na Copa, Seleção Canarinho perdeu prestígio e dinheiro. (Clóvis Miranda)

Parece que o placar de 7 a 1 na derrota contra a Alemanha ainda vai perseguir a Seleção Canarinho por bastante tempo. Há exatamente um mês do último fracasso, quando foi, novamente, goleado pela Holanda, o escrete verde-amarelo volta a sofrer chacota mundial por conta do fiasco no torneio da Fifa. Dessa vez foi o chefe dos cartolas ucranianos, Vladimir Lashkul, que confirmou que rejeitou o amistoso contra o Brasil, depois da goleada sofrida perante os alemães. 

Em entrevista ao jornal ucraniano ”Sport Express”, Vladimir Lashkul revelou que as negociações para a partida começaram pouco antes do Mundial. O contrato acabou não sendo fechado, por conta do vexame brasileiro na Copa. Segundo o dirigente, o jogo contra a Seleção Brasileira não interessou mais, mesmo com o desconto oferecido pelo amistoso.


"As negociações com o Brasil estão encerradas. O principal motivo foi o desempenho do Brasil na Copa do Mundo", disse Lashkul. "Antes do Mundial, negociávamos por 3,5 milhões de dólares, além de uma adicional de 250 mil dólares se o Brasil fosse campeão. Gostamos e ficamos de retomar a negociações após a Copa. Mas agora não interessa mais", explicou.

O cartola ucraniano ainda revelou que agora o alvo da federação ucraniana agora é outro. A Seleção da Alemanha, a campeã do Mundo, foi procurada para fazer a partida contra a Ucrânia, só falta o acordo ser fechado oficialmente.

A notícia de um amistoso contra o país do leste europeu ainda não havia vazado na imprensa do Brasil. A responsável pelos contratos para os jogos da Seleção é uma empresa terceirizada, chamada Pitch. No calendário oficial de jogos do Brasil na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ainda há uma data em aberto para 2014. O time de Dunga enfrenta Colômbia e Equador, em setembro. Argentina (no clássico das Américas), Japão e Turquia neste ano.