Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

É hoje! Sorteio dos grupos da Copa mexe com Manaus

Atenções estão voltadas para a Costa do Sauípe, onde, a partir das 12h, serão definidos os grupos para o Mundial do próximo ano, os adversários do Brasil e as seleções que vão jogar por aqui

Sorteio Fifa

Feras como Cafu, Zidane e Ghiggia falaram com a imprensa na coletiva da Fifa, nesta quinta (Clóvis Miranda)

O dia 31 de maio de 2009 foi marcado por uma festa memorável na frente do extinto estádio Vivaldo Lima. Naquele domingo ensolarado quase 200 mil pessoas celebraram a notícia de que Manaus havia sido confirmada como uma das doze cidades-sede da Copa do Mundo de 2014.Passada a euforia da boa nova, a população começou a fazer uma pergunta que levou nada menos do que quatro anos para ser respondida: afinal, que seleções vão jogar na Arena da Amazônia? Serão seleções inexpressivas ou pode “pintar” uma campeã do mundo desfilando talento nos gramados de Manaus?

A grande questão será respondida nesta sexta (6), a partir das 12h (horário de Manaus) no Sorteio dos Grupos da Copa do Mundo 2014, que será realizado na Costa do Sauípe, na Bahia. A equipe do CRAQUE está neste paraíso turístico para acompanhar todos os detalhes da festa que dá pontapé inicial na Copa do Mundo no Brasil.

Os jogos
Ao todo, Manaus receberá quatro partidas do Mundial da Fifa e um total de oito seleções, ou seja, 25% das equipes que vão disputar a Copa do Mundo passarão pela capital do Amazonas, isso porque cada um dos quatro jogos será por grupos diferentes, o que não ocasionará repetição de times.

Por exemplo, no próximo dia 14 de junho a Arena da Amazônia receberá uma partida do Grupo D. O segundo jogo será no dia 18 e terá um confronto do Grupo A, o mesmo que terá a Seleção Brasileira, anfitriã da Copa do Mundo. O penúltimo jogo acontecerá no dia 22 de junho. É quando a Arena da Amazônia abrirá suas portas para receber uma partida válida pelo Grupo G. O último jogo em Manaus será no dia 25 de junho. É quando a cidade dará adeus ao mundial em uma partida do Grupo E.

O dia na Bahia
A quinta-feira, véspera do sorteio, foi marcada por algumas entrevistas coletivas com alguns dos maiores carrascos do futebol brasileiro: o francês Zinedine Zidane, que implodiu a Seleção Brasileira na inesquecível derrota na final da Copa do Mundo de 1998, além do maior algoz da história do futebol nacional, o uruguaio Alcides Ghiggia, responsável pela maior tragédia nas quatro linhas: o Maracanazo de 1950.

Grupo da Morte
Além das coletivas o dia ainda foi marcado pelo ensaio geral para o sorteio dos Grupos. Na ocasião ocorreu um fato inusitado: o Grupo A, da Seleção Brasileira, acabou se tornando o “Grupo da Morte” com a presença da França, Itália e Austrália, isso apenas no ensaio.

Tirando o país da Oceania, que nunca foi lá grandes coisas na história das Copas, o hipotético Grupo A teria nada menos que dez títulos Mundiais: cinco do Brasil, quatro da Itália e um da França. O ex-craque francês Zinedine Zidane disse que não há problema nenhum em ver o seu país no Grupo da Morte. “Queremos que a França jogue com os melhores, e queremos ir o mais longe possível. Não tenho medo de enfrentar equipes difíceis”, disse o ex-jogador.

Ghiggia se sente em casa
Quem não conhece a história do futebol pode passar pelo senhor Alcides Ghiggia, de 86 anos, sem fazer ideia de que ele, há 63 anos, foi protagonista da maior tragédia do futebol brasileiro: o “Maracanazo”. Com um chute mascado, despretensioso, Ghiggia calou o Maracanã e ensinou aos brasileiros a máxima do futebol: que não existe campeão de véspera.

Apesar de toda a dor que causou ao povo brasileiro naquela final histórica, Ghiggia garante que o Brasil é a sua segunda casa. “O Brasil para mim é como uma segunda casa. Estive há pouco no Rio de Janeiro e as pessoas, apesar de tudo o que aconteceu, me reconheciam e vinham falar comigo. Tenho vontade de voltar sempre, é sempre maravilhoso. No futebol é assim, se ganha um dia e se perde no outro”, afirmou o maior mito da história do futebol uruguaio em todos os tempos.

O ex-jogador ainda relevou um desejo: ele quer que a final da Copa do Mundo de 2014 seja novamente entre Brasil e Uruguai. “Seria maravilhoso”, comentou. A torcida só espera que, desta vez, o final da história seja completamente diferente.

O velho jeitinho brasileiro
Um acidente que repercutiu nos quatro cantos do mundo: a tragédia do Itaquerão, que deixou duas vítimas no dia 27 de novembro. Uma dúvida: o estádio onde ocorrerá a abertura da Copa em 12 de junho do ano que vem vai ficar pronto a tempo?

O presidente da Fifa nem cogita a possibilidade de mudar o endereço de abertura do Mundial, nem que para isso ele tenha que pedir ajuda “divina”.

“A Fifa tem de pedir a Deus e a Alá para que não haja mais nenhum acidente até a Copa do Mundo e espero que recomecem a reconstrução o mais rápido possível”, disse Joseph Blatter ontem, em coletiva de imprensa na Costa do Sauípe.

Ronaldo Fenômeno tratou de minimizar os problemas dizendo que os gringos não conhecem o “jeitinho brasileiro”.

“O gringo, no geral, não conhece o nosso jeitinho brasileiro de ser e fazer as coisas. É muito característico isso no brasileiro, de fazer as coisas no último momento e começar uma correria, mas a gente tem todas as garantias de que todos os estádios estarão prontos para a Copa”, comentou o ex-jogador da Seleção.

Expectativas dos torcedores de Manaus
Das 32 seleções que participarão da Copa do Mundo no Brasil, oito jogarão na Arena da Amazônia. O sorteio que vai definir os grupos do Mundial acontece logo mais na Costa do Sauípe, na Bahia. Mas antes das definições, o CRAQUE foi às ruas perguntar quem os manauenses gostariam de ver jogar em Manaus e também quem eles gostariam que o Brasil enfrentasse na primeira fase do torneio.

Equipes tradicionais, como Inglaterra e França, estão entre as preferidas da população para jogar na Arena da Amazônia. E a Argentina foi a mais votada entre os adversários da Seleção Brasileira no caminho rumo ao Hexacampeonato.

Na Copa do Mundo de 1998 o Brasil foi eliminado na final por 3 a 0 pela França. Em 2006, quando todos esperavam uma revanche, mais uma vez os brasileiros perderam para os franceses, dessa vez por 1 a 0, nas quartas de final da Copa da Alemanha. Por isso, Josiel dos Santos, de 24 anos, disse que gostaria de ver a França jogar na Arena da Amazônia, só para ter o prazer de torcer contra.

“Será muito legal se a França vier jogar em Manaus. Assim, nós, que nunca esquecemos o que os franceses fizeram conosco em 1998 e 2006 poderíamos ver de perto eles começarem a Copa no Brasil com uma linda derrota”, disse Josiel que trabalha como ajudante de obra.

País anfitrião, o Brasil jogará na primeira fase do Mundial em São Paulo, Fortaleza e Brasília. Mesmo assim, Altima Barroso, de 46 anos, que trabalha como empregada doméstica, disse que o seu sonho era ver a Seleção Canarinho em Manaus.

“Gostaria muito que o Brasil jogasse aqui, seria perfeito. Sou muito otimista e acredito que o Brasil será o grande campeão dessa Copa”, comentou.

Adversários do BrasilBrasil e Argentina são cabeças de chave e por isso não se enfrentarão na primeira fase do Mundial. Mas por conta da grande rivalidade entre as equipes, o confronto está entre os preferidos pelos manauenses.

“Eu gostaria que o Brasil enfrentasse a Argentina logo na estreia da Copa do Mundo e vencesse de goleada. Assim, as outras seleções iriam perceber a força do nosso futebol”, disse Ofimar da Silva, de 55 anos.


TODOS OS POTES DO SORTEIO DE HOJE

Potes 1-4 serão preenchidos da seguinte maneira:

Pote 1 – Cabeças de chave (8)

Pote 2 – África (5), América do Sul (2)

Pote 3 – Ásia (4), Américas do Norte, Central & Caribe (4)

Pote 4 – Europa (9)

Times de Cabeças de chave:

• Brasil (Anfitrião)

• As 7 primeiras equipes do Ranking Mundial FIFA/Outubro de 2013:
4 times europeus - Bélgica, Alemanha, Espanha e Suíça
3 times da América do Sul - Argentina, Colômbia e Uruguai

Pote 1
1 Brasil
2 Argentina
3 Colômbia
4 Uruguai
5 Bélgica
6 Alemanha
7 Espanha
8 Suíça

Pote 2
1 Argélia
2 Camarões
3 Costa do Marfim
4 Gana
5 Nigéria
6 Chile
7 Equador

Pote 3
1 Austrália
2 Irã
3 Japão
4 Coreia do Sul
5 Costa Rica
6 Honduras
7 México
8 EUA

Pote 4
1 Bósnia e Herzegovina
2 Croácia
3 Inglaterra
4 França
5 Grécia
6 Itália
7 Holanda
8 Portugal
9 Rússia