Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Vascão pronto para maratona de jogos fora de casa pela Série B

A Equipe Cruzmaltina joga neste sábado (9) contra o ABC, em Natal. Na sequência viaja direto para o Recife, onde na terça-feira (12) enfrenta o Náutico em partida atrasada, na Arena Pernambuco


Adilson Batista comandou treino leve visando maratona de jogos fora de casa.

Adilson Batista comandou treino leve visando maratona de jogos fora de casa. (Divulgação/site oficial Vasco)

O elenco do Vasco da Gama fez um treino rápido na manhã desta sexta-feira (8) visando a partida contra o ABC de Natal, no sábado, às 15h20 (Hora Manaus), na Arena das Dunas, válida pela 15ª rodada do campeonato brasileiro da Série B. O treinamento serviu para o técnico Adilson Batista relaxar o grupo que têm dois jogos seguidos longe do Rio de Janeiro pela competição.

A delegação vascaína embarca às 12h desta sexta rumo a capital potiguar para enfrentar o 10º colocado na tabela do Brasileirão da segunda divisão. Mesmo sem contar com o time principal, Adilson realizou treino de dois toques e comentou sobre os próximos duelos da equipe no torneio.

“O nosso objetivo é o de voltar com o maior número de pontos possíveis. Tem um jogo atrasado contra o Náutico, são dois campos muito bons, dá pra praticar o futebol que queremos. A equipe vem numa evolução. As coisas tão fluindo bem, passe, posse, controle, oportunidades. É um jogo duro, difícil. Precisamos ir pra lá com o intuito de voltar com o maior número de pontos possíveis” analisou o treinador.


O comandante do Vasco não fez mistério sobre os prováveis substitutos de Diego Renan (lesionado), Guiñazu (suspenso) e Thalles (convocado para Seleção Sub-20). Quem deve entrar na equipe da Cruz de Malta devem ser Marlon, Aranda e Lucas Crispim, respectivamente. Adilson também falou a respeito da melhora técnica dos jogos na segunda divisão nacional.

“A Série B sempre foi diferente. Trabalhei no Avaí, no Figueirense, e agora pelo Vasco. Houve uma evolução, uma melhora dos campos, do calendário. É um pouco mais corrido, é mais correria. Contra o Vasco o adversário joga de uma maneira diferente, o jogo se torna diferente”, declarou o treinador.

Após o duelo contra o ABC, em Natal, a delegação do Vasco embarca para o Recife. Onde na terça-feira (12) pega o Náutico, na Arena Pernambuco, em partida atrasada da 5ª rodada, o jogo teve adiamento por conta de uma greve de policiais.