Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Mais um gol de placa da Alemanha nesta Copa

Antes de dar adeus ao País do Mundial, a Federação Alemã de Futebol doou um cheque para índios da tribo Pataxó. Além da doação, os alemães já haviam oferecido materiais para uma escola e estão financiando a construção de um campo de futebol na região

Os jogadores alemães interagiram bastante com os índios Pataxó, em sua passagem pela Bahia.

Os jogadores alemães interagiram bastante com os índios Pataxó, em sua passagem pela Bahia. (Reprodução/internet)

A última coletiva de imprensa da Seleção da Alemanha na vila de Santo André, no município de Santa Cruz Cabrália, no sul da Bahia, foi marcada pela visita de índios da Comunidade Indígena Pataxó de Coroa Vermelha. Pelo menos 15 deles apareceram na manhã desta sexta-feira (11) e assistiram às  entrevistas dos jogadores Thomas Müller, Phillip Lahm e do gerente de futebol Oliver Bierhoff.

No fim, os índios presentearam os alemães com instrumentos e deram uma placa simbólica que fazia alusão à luta pela demarcação de terras que eles reivindicam à prefeitura de Santa Cruz Cabrália.

Em forma de agradecimento, a Federação Alemã de Futebol, doou um cheque no valor de 10 mil euros (cerca de R$ 30 mil) para que os índios comprassem um veículo para ajudar no atendimento médico da comunidade.

No único treino aberto ao público, no dia 9 de junho, cerca de 20 indígenas da Escola Indígena Pataxó de Coroa Vermelha haviam "invadido" o treino da Seleção Alemã, e dançado com os jogadores. O atacante Miroslav Klose, aniversariante na ocasião, recebeu de presente um arco e flecha e um instrumento musical.

A federação alemã já havia oferecido ajuda aos moradores da região escolhida como sede da concentração da equipe no Mundial. Por meio de doação de material escolar e móveis para a Escola Municipal de Santo André. Os alemães ainda estão financiando a construção de um campo de futebol para moradores do local.

A Alemanha deixa a vila de Santo André e parte para o Rio de Janeiro na noite desta sexta-feira (11). Onde enfrentará a Argentina pela final da Copa do Mundo neste domingo (13) às 15h (hora de Manaus), no Maracanã. Em caso de título, os alemães irão direto para Berlim para comemorar com os torcedores.