Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Rodada do Estadual nivela a disputa entre times locais

A vitória sobre o Sul América por 4 a 0, mudou o ambiente no Leão da Vila Municipal que assumiu a liderança do grupo B. Tufão teve sua primeira vitória

A equipe do Nacional conheceu seu novo técnico nesta terça-feira (26)

Nacional vence partida sob o comando do técnico Sinomar Naves (Euzivaldo Queiroz)

O Campeonato Amazonense ganhou um novo cenário após os resultados da 2ª rodada neste final de semana. Depois de cinco empates consecutivos, o Nacional sob comando do técnico Sinomar Naves, voltou a vencer. A vitória sobre o Sul América por 4 a 0, mudou o ambiente no Leão da Vila Municipal que assumiu a liderança do grupo B, com quatro pontos, e já pensa na partida desta quarta-feira (2) contra o Iranduba.

“Todo jogo para o Nacional é difícil. Voltei a marcar gol e ajudar a equipe a sair dessa situação incômoda de ficar cinco jogos sem vencer. O treinador Sinomar levantou a auto estima do grupo e estamos na briga pelo segundo turno”, afirmou o atacante nacionalino Fabiano, que já soma quatro gols.

AZARÃO

“Azarão” no primeiro turno quando chegou à semifinal, o Nacional Borbense quer repetir a façanha na segunda fase. “A vitória por 4 a 1 sobre o Manaus prova que estamos vivos na competição. Esperamos jogar bem contra o Sul América. Vamos com a força máxima”, afirmou o técnico Francisco Robson.

Treinador evita efeito negativo

A derrota por 2 a 1 para o São Raimundo, não abalou o treinador do Fast Clube, Aderbal Lana. A ordem no Tricolor de Aço é muito trabalho para buscar a recuperação na competição contra o Penarol, amanhã no mini estádio da Ulbra. “Devemos mexer no meio-campo, nos volantes. Vou avaliar amanhã (hoje), durante o treino de apronto, para definir o time que enfrenta o Penarol”, avaliou o técnico fastiano.

Questionado sobre o resultado negativo contra o Tufão e que se, por conta disso estaria com o cargo ameaçado, Lana foi enfático. “É lógico que ninguém quer perder. Até agora tudo está dentro da normalidade. Nada vai prejudicar o trabalho. Estamos lutando para classificar o Fast e vamos tentar vencer o Penarol”, afirmou o comandante técnico do Fast.