Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Amazonense fera na luta olímpica esportiva brasileira é cogitado para o Rio 2016

Waldeci Silva está na seleção brasileira de luta olímpica e é um dos amazonenses mais cotados para os Jogos Pan Americanos de 2015 e nas Olimpíadas de 2016

Waldeci faz parte da seleção brasileira da modalidade, na categoria até 65kg

Waldeci faz parte da seleção brasileira da modalidade, na categoria até 65kg (Márcio Silva)

Quem não coloca a cabeça no travesseiro sonhando em realizar diversos objetivos em sua vida? Isto é muito comum para aqueles que carregam a vontade de crescer.

Mesmo com uma rotina bem apertada e comprometida com treinos e aulas, o amazonense Waldeci Silva, 31, que desde seus 14 anos pratica luta olímpica esportiva, é um dos amazonenses mais cotados para representar o Brasil nos Jogos Pan Americanos de 2015 e nas Olimpíadas de 2016.

Waldeci faz parte da seleção brasileira da modalidade, na categoria até 65kg. O lutador baré tem colecionado títulos desde 2003, quando disputou uma competição que despertou o interesse da Confederação Brasileira da modalidade pelo manauara. “No ano de 2000 foi decidido que iriam fazer uma seleção amazonense. Como eu já estava treinando desde os meus 14 anos, por influência de um amigo, fui chamado para fazer parte dessa seleção e logo topei. Então o meu treinador começou a colocar parâmetros em minha vida, dizendo que eu tinha capacidade e foi quando eu passei a seguir os conselhos dele. Fui participar da minha primeira competição nacional em 2003, onde fiquei na terceira colocação”, recordou o atleta, que realiza cerca de oito horas diários de treinos.

Caminhos

Logo após a primeira conquista, Waldeci, que já tinha sido notificado pela Confederação para participar de demais competição em nível nacional, passou então e focar cada vez mais em seus treinos. As conquistas foram aumentando e o lutador foi vice-campeão brasileiro em 2004 e no ano seguinte não perdoou os adversários e ficou com o lugar mais alto do pódio, garantindo uma vaga na seleção brasileira. “Em 2007, já pela seleção brasileira, disputei o Pan-Americano no Rio de Janeiro e fiquei na 5º colocação. Em 2008, fui fazer a seletiva das Olimpíadas e acabei lesionando meu joelho e ficando de fora da competição e da seleção até 2010.

Em 2011 voltei à seleção e agora todo meu trabalho está focado no Pan do ano que vem. Inclusive, estou com um desafio que é mudar de categoria. Atualmente atuo na 65kg e vou mudar para a 57kg. Tomei esta decisão porque a modalidade quase ficou de fora das Olimpíadas do Rio”, lembrou o atleta amazonense.

‘Só dependo de mim para chegar lá’

Ainda sobre os Jogos Olímpicos, Waldeci se diz esperançoso na sua participação em 2016 e afirma que vem se preparando intensamente. “Tudo só depende de mim e de eu acreditar. estou focado em tudo, mudando de categoria e estou fazendo um trabalho de nutrição, sem prejudicar minha qualidade de vida. Treino muito e procuro sempre a ajuda dos meus companheiros. É um sonho meu lutar em 2016”, afirmou. Neste fim de semana o atleta participa da 1ª Copa FALLE de luta olímpica esportiva, que acontece sábado, na Vila Olímpica.