Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

COT’s Carlos Zamith e Colina ainda não foram utilizados pelas seleções em Manaus

Inglaterra e Itália, as primeiras equipes a desembarcarem em Manaus, para jogar no dia 14 de junho, não usaram os Centros Oficiais de Treinamento (COT’s)

 Visão geral do novo campo da Colina, que tem padrão Fifa

Visão geral do novo campo da Colina, que tem padrão Fifa (Divulgação)

A Copa do Mundo do Brasil começou há oito dias, mas até agora os Centros Oficiais de Treinamento (COT’s), estádio Ismael Benigno, (Colina), no bairro de São Raimundo, Zona Oeste e Carlos Zamith, no bairro do Coroado, Zona Leste, ainda não foram utilizados por nenhuma das seleções que vieram jogar em Manaus.

Inglaterra e Itália, as primeiras equipes a desembarcarem em Manaus, para jogar no dia 14 de junho, não usaram os COT’s, preferindo fazer apenas o treino de reconhecimento do gramado da Arena da Amazônia Vivaldo Lima (obrigatório).

Apenas os jogadores ingleses Welbeck (atacante) e o volante Chamberlan, que estavam lesionados, fizeram treino físico no COT da Colina, no dia 13, cercados por um “exagerado” esquema de segurança, que envolveu o policiamento local e até helicópteros para proteger os dois jogadores do Englhis Team. Até o momento, o site da Fifa, ainda não confirmou nenhum treinamento para as seleções de Portugal e Estados Unidos, que jogam neste domingo em Manaus.

Exigência Fifa

Até o momento, o COT Carlos Zamith, que seria inaugurado no dia 24 de maio com a partida envolvendo o clássico Rio-Nal do Campeonato Amazonense de Juniores, e que custou R$ 14,5 milhões, teve o evento cancelado por causa do Mundial.

A Colina, com investimentos de R$ 24 milhões e que seria reaberta com o clássico Galo-Preto (São Raimundo e Sul América) só será inaugurada depois do Mundial. “As partidas inaugurais estavam programadas, mas, como a Fifa tinha que receber os locais alguns dias antes do início da Copa do Mundo, foram canceladas. Agora, a abertura ao público só deve acontecer depois da Copa”, disse o diretor técnico da Federação Amazonense de Futebol (FAF), Ivan Guimarães.

Na avaliação de Ivan, Manaus cumpriu com as exigências da Fifa com a construção dos COTs. “Era uma exigência da Fifa para as 12 subsedes. Agora, se a seleções não estão utilizando, fica a critério de cada delegação. Eles estão preferindo treinar na Arena da Amazônia”, avaliou Guimarães.