Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Centros de treinamentos de Manaus estão quase prontos para receber a Copa do Mundo

Reportagem do CRAQUE visita os COTs Carlos Zamith e Ismael Benigno (Colina) para mostrar como as obras estão ficando na reta final de preparação para o Mundial

COT Carlos Zamith será o primeiro a ser entregue

COT Carlos Zamith será o primeiro a ser entregue (Márcio Silva )

Os Campos Oficiais de Treinamentos (COTs), Carlos Zamith, localizado no bairro Coroado, Zona Leste e Ismael Benigno, a Colina, no bairro Glória, Zona Oeste, entraram a fase final de conclusão. De acordo com a Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP/Copa) o CT Carlos Zamith será entregue no dia 15 de maio a Colina cinco dias depois. E o CRAQUE visitou as duas obras para mostrar para os leitores como é que tudo está ficando.

Situado na Alameda Cosme Ferreira, Zona Leste, o CT do Coroado recebeu o nome de Carlos Zamith, em homenagem ao jornalista esportivo amazonense criador do “Baú Velho”, série que conta a história do futebol local. Zamith morreu no ano passado.

Com capacidade para cinco mil pessoas, o estádio teve a obra iniciada no final do mês de agosto do ano passado. A 22 dias da data de entrega o local promete acomodar com toda qualidade as seleções da Itália, Inglaterra, Portugal, Estados Unidos, Suíça, Honduras, Croácia e Camarões.

99%

Com 99% das obras concluídas no Corado, a correria já deu espaço a um clima de tranqüilidade no local entre os trabalhadores. O gramado, que recebeu grama cultivada no município de Rio Preto da Eva (a 84 quilômetros de Manaus), recebe os cuidados finais e passa por um processo conhecido como top dressing – trabalho de mistura de areia com substratos para regularizar a superfície.

Praticamente finalizado, as arquibancadas, corrimãos e a cabine de imprensa ainda passam por uma pintura e alguns pequenos ajustes finais. “Na parte interna do estádio como o campo, arquibancada, banheiros e bares estão recebendo a parte de acabamento. Mais três dias finalizamos os trabalhos nessa área”, disse o engenheiro, Cássio Augusto.

O estádio tem um total de seis banheiros para os torcedores. E se ainda falta água na Zona Leste, o problema não deve ocorrer dentro do novo estádio. Uma caixa d’água metálica com capacidade para 180 mil litros vau abastecer o complexo. “É um abastecimento independente. As áreas de irrigação do gramado e (brigada de) incêndio serão todas sanadas com a água da caixa”, destacou Cassio.

Lembranças do pai

O analista de sistemas, Carlyle Zamith, que é filho do criador do “Baú Velho”, e que deu continuidade ao trabalho do pai, fez ontem uma visita ao novo estádio que leva o nome do pai dele.

Carlyle andou pelo gramado e lembrou com saudade do pai. “Esse nome (Carlos Zamith) deixa muita história no futebol. O nome no estádio vai eternizar gerações. No futuro quando não estivermos mais aqui, jovens irão perguntar quem foi Carlos Zamith. É muita emoção”, disse Carlyle, que afirma que aprovou a obra. “Está lindo. O estádio está muito bonito. Lindo”, disse emocionado.

Colina entra na reta final

O estádio Ismael Benigno, a Colina, também se encontra em fase final de obras com 97% de obras concluídas. A velha estrutura do estádio que passou anos interditada pelo Ministério Público (MP) deu lugar a um belo estádio.

A obra consumiu um total de R$ 21 milhões, dinheiro oriundo do Ministério do Esporte, e ainda vai receber iluminação semelhante a do estádio Carlos Zamith.

Nesta quarta-feira (23) os operários corriam com os detalhes finais da obra. Na parte interna os operários apenas soldam e realizam reparos nos corrimãos de acesso às arquibancadas. Com o “padrão Fifa”, o local vai ter salas para a imprensa, cabines, vestiários e terá capacidade para 11 mil torcedores. A área do estacionamento para 200 veículos ainda está sendo trabalhada.

Nova data

Depois de ter a inauguração adiada, o estádio da Colina ganhou uma nova data. Antes marcado para 12 de abril – com o clássico Galo Preto -, o estádio apenas será entregue no dia 20 do mês que vem, até então, sem uma partida oficial. A data foi anunciada pelo governador José Melo.

A reportagem do CRAQUE tentou registrar fotos dos vestiários e banheiros, mas não obteve autorização da construtora Tecon.